<
>

Joel Santana diz que comandar Flamengo e Palmeiras é 'mole' e se revolta ao ver Abel Ferreira cogitado na seleção: 'Ganhou p*** nenhuma'

Em live nesta quinta-feira (26), Joel Santana disse que Abel Ferreira, atual bicampeão da Libertadores, não ganhou "p*** nenhuma na vida"


Em entrevista ao GE, nesta quinta-feira (26), Joel Santana fez pouco caso das conquistas recentes de Abel Ferreira no Palmeiras e se revoltou ao ser questionado se via o português como um bom nome para assumir a seleção brasileira.

Apesar de Abel ser o atual bicampeão da Conmebol Libertadores, além de ter vencido Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Paulistão, "Papai Joel" disse que o luso "não ganhou p*** nenhuma na vida" e defenestrou a ideia de que o palestrino possa comandar o Brasil.

"Qual técnico estrangeiro tem condição de assumir a seleção brasileira? O Abel, você vai me desculpar, não ganhou p*** nenhuma na vida. Quem ganhou foi Mourinho, Guardiola e o (técnico) do Liverpool (Jürgen Klopp)", vaticinou.

"O técnico pra ser da seleção brasileira tem que ter um currículo do tamanho da seleção brasileira. Só porque o Abel está fazendo essa 'campanhazinha' aí? Ele está com o melhor time do país (e com salários) 'em dia'", argumentou.

"Não estou dizendo que ele não tem currículo, mas pra dirigir a seleção brasileira? Pera aí", complementou.

Joel ainda afirmou que Abel tem vida mansa por comandar o Palmeiras, um dos clubes com elenco mais fortes do país.

Na visão do ex-comandante da seleção da África do Sul, ser o treinador de equipes como Verdão, Atlético-MG ou Flamengo é "mole".

"Você acha que todo cara que vem lá de fora é bom? Trabalhar no Palmeiras é mole, trabalhar no Atlético-MG é mole e no Flamengo é mais mole ainda. Tem a maior torcida do país, finanças em dia", justificou.

"No Flamengo você não complica, tem que ser honesto. Fale o que a torcida quer saber e seja honesto. No Brasil tudo é moda. Eles querem que a gente (técnicos brasileiros) faça curso. Não faço! Meu curriculo era melhor do que todos eles (estrangeiros), vou fazer esse curso pra quê? Pera ai", bradou.

Mas erra quem pensa que "Papai Joel" só vê trabalhos ruins dos estrangeiros no Brasil.

Para o ex-treinador, Luís Castro, que comanda atualmente o Botafogo, tem impressionado positivamente.

"Sabe qual o treinador que me agradou? O do Botafogo. Chegou ontem e já mostrou o trabalho dele. O outro está ai há três meses e falam que está 'novo', não conhece o elenco. Não sabe nem onde é a Gávea ainda. O do Botafogo chegou e está fazendo uma baita campanha. Não complica. Compara os dois plantéis", finalizou.