<
>

De Jesus no Arsenal até Mbappé: como mercado pode afetar o ataque da seleção de Tite para a Copa

play
Brasil? França? SportsCenter monta ranking das seleções mais fortes da Copa do Mundo 2022 (2:01)

Bruno Vicari, Eugênio Leal e Mário Marra escolheram as dez maiores forças do Mundial do Qatar (2:01)

Gabriel Jesus, Antony e Raphinha podem trocar de clube faltando pouco mais de seis meses para a Copa do Mundo do Qatar


Na reta final de preparação para a Copa do Mundo do Qatar, o técnico Tite anunciará nesta quarta-feira (11), a lista dos convocados para os amistosos da seleção brasileira no mês de junho. O primeiro compromisso será contra a Coreia do Sul, no dia 2 em Seul. Depois, o Brasil vai até Tóquio enfrentar o Japão no dia 5. Por fim, encara a Argentina, dia 11, em Melbourne, na Austrália.

Na Europa, a temporada 2021/22 está chegando ao fim e os principais clubes já começam a se planejar para a próxima. Com isso, crescem os rumores sobre os jogadores que podem ser negociados a partir de junho. Diante deste cenário, como o mercado de transferências pode afetar o ataque da seleção para a Copa?

A começar por Gabriel Jesus, que, definitivamente, está de volta à briga pela amarelinha depois de se destacar nos últimos jogos pelo Manchester City.

Perto do final de sua sexta temporada no time de Manchester e sedento pela convocação para a sua segunda Copa, o camisa 9 está disposto a discutir sua permanência ou não nos Citizens. Com a chegada acertada de Erling Haaland, do Borussia Dortmund, negociar Jesus pode ser um bom negócio tanto para o clube inglês quanto para o jogador, que tem vínculo até junho de 2023.

O City reduziria espaço no badalado e concorrido ataque de Pep Guardiola, enquanto o camisa 9 pode conseguir, em uma nova equipe, mais protagonismo e menos concorrência. E o Arsenal aparece como provável destino.

Para liberá-lo antes do término do vínculo, o clube de Manchester deverá pedir uma compensação financeira, pela antecipação da saída do atacante. Ainda que os Gunners não cheguem a um acordo já no início da próxima temporada europeia, no segundo semestre deste ano, tentarão a contratação novamente em 2023, quando o contrato de Jesus terminar.

Na atual temporada, o atacante disputou 39 jogos, marcou 13 gols e deu 12 assistências.

Outro que terá que que ''lutar'' por mais minutos em campo se quiser carimbar seu passaporte para o Qatar é Raphinha. O atacante do Leeds United fez cinco jogos seguidos na seleção desde que desbancou Gabriel Jesus e caiu nas graças de Tite.

No entanto, a tendência é que o brasileiro deixe o time inglês para vestir a camisa de uma potência europeia. Entre os cotados está o Barcelona, onde Raphinha, se for mesmo contratado, vai encontrar um elenco em reconstrução. Na atual campanha, ele é o artilheiro do Leeds com 10 gols em 33 jogos.

Nas duas últimas partidas da seleção, quando Raphinha estava fora por lesão, o titular foi Antony, outro nome provável na lista final de Tite para a Copa. O atacante se recupera de um problema no tendão do tornozelo, que sofreu justamente quando estava à serviço do Brasil, no fim de março, e tem chance de não aparecer na lista desta quarta.

Desejado por gigantes europeus, Antony pode estar de malas prontas para o Manchester United a pedido do técnico Erik ten Hag, seu atual comandante na equipe holandesa e que vai assumir os Red Devils em breve. De acordo com o jornal britânico The Sun, o brasileiro será contratado pelo United por 60 milhões de euros (R$ 301 milhões).

Por lá, o atacante vai encontrar um elenco em reformulação com a chegada do treinador holandês, e com as saídas de Cavani e Greenwood, além de Martial, que também pode deixar o clube em definitivo. Se na Holanda Antony era destaque consolidado, terá que brigar por espaço na Inglaterra.

Por outro lado, se ainda precisava se firmar no Real Madrid para cravar seu lugar na lista de Tite, Rodrygo mostrou que está mais do apto. Ele tem dez jogos nesta Champions League, sendo quatro como titular, e chegou à marca de sete participações diretas em gol, com cinco tentos e duas assistências.

Já na temporada, são oito gols e nove assistências em 44 partidas. Dois destes foram marcados na goleada contra o Espanyol, partida que deu o título antecipado de LaLiga ao time merengue, no sábado (30). A concorrência certamente deverá aumentar se Kylian Mbappé for de fato contratado.

Restam pouco mais de seis meses para a Copa do Mundo do Qatar. Então, se quiserem garantir vaga na lista final de Tite, os brasileiros em atividade nas grandes ligas da Europa terão que pensar duas vezes antes de definirem seus destinos.