<
>

Rodada da Superliga feminina tem vitórias de Osasco e Barueri

A terça-feira foi cheia de ação pela Superliga feminina de vôlei: cinco jogos movimentaram a noite da competição nacional. O destaque ficou por conta das vitórias de Osasco e Barueri, fora de casa, para cima de Curitiba e Brasília, respectivamente.

Pela 10ª rodada do torneio, no Ginásio da Universidade Positivo, em Curitiba, a equipe da casa foi desbancada pelo tradicional Osasco. O duelo terminou com vitória das paulistas por 3 sets a 0: parciais de 25/20, 25/20 e 25/22. Com o triunfo, o Osasco soma 15 pontos na tabela de classificação, enquanto as paranaenses permanecem com 16.

Já no Sesi Taquatinga, foi o Barueri que conquistou os três pontos longe de seus domínios. Diante do Brasília, a equipe de José Roberto Guimarães venceu sem dificuldades, também por 3 a 0: 25/23, 25/19 e 25/19.

Com o resultado, as paulistas chegam à marca de 17 pontos, em campanha de seis vitórias e três derrotas. Já o Brasília permanece na parte de baixo da tabela, com somente nove pontos conquistados em 10 partidas.

Fechando os jogos válidos pela 10ª rodada da disputa, o lanterna Balneário Camboriú foi despachado sem maiores problemas pela equipe do Sesc-RJ. As cariocas conseguiram a vitória pelo marcador de 3 sets a 0, sem dificuldades: 25/19, 25/22 e 25/17.

Em partida da quinta rodada, líder Praia Clube desbanca o Bauru; Minas passa pelo Fluminense

A terça-feira de Superliga feminina também contou com partidas adiadas da quinta rodada da competição. No Ginásio Panela de Pressão, o Bauru recebeu o Praia Clube e perdeu por 3 sets a 1, de virada: parciais de 25/23, 22/25, 17/25 e 19/25.

Com o resultado, a equipe paulista fica com 18 pontos, em campanha de seis vitórias e quatro derrotas, continuando, no entanto, entre os líderes da tabela de classificação. As mineira seguem na liderança da disputa, com 27 pontos, nove triunfos e somente um revés.

Ao mesmo tempo, no Ginásio Hebraica, no Rio de Janeiro, o Fluminense até lutou, mas não conseguiu desbancar o Minas, que venceu por 3 a 1: 21/25, 11/25, 27/25 e 22/25. O confronto também era válido pela quinta rodada da Superliga.