Modesto Roma Júnior, presidente do Santos, participou por telefone do programa Mesa Redonda. Em entrevista à TV Gazeta, o dirigente reprovou a postura do lateral esquerdo Zeca, que acionou o clube na Justiça, e disse estar estudando alternativas para assumir o comando do time alvinegro após a saída de Levir Culpi.

Na Justiça do Trabalho, Zeca vem tentando obter a rescisão de seu contrato com o Santos, válido até o final de 2020. Questionado sobre a situação do jogador de 23 anos, ganhador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, Modesto externou sua reprovação.

“Houve uma precipitação do estafe dele, de achar que a coisa era um de um jeito, quando a coisa é de outro. Agora, é uma situação que está entregue ao departamento pessoal do Santos. Não é mais um assunto do futebol, mas sim do departamento pessoal”, reiterou.

Durante o BB Debate da última sexta-feira, Jorge Nicola afirmou que Palmeiras e Corinthians estavam de olho em Zeca. Na segunda, o comentarista trouxe a informação de que o clube alviverde estaria disposto a oferecer o atacante Roger Guédes pelo lateral-esquerdo santista. 

Comentários

Veja por que Zeca, em litígio com o Santos, já está na mira de outros clubes brasileiros

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.