Empregados da construção civil de Fortaleza, categoria há oito dias em greve, foram atacados com bombas de gás lacrimogênio durante manifestação que parou uma das mãos da Avenida Abolição, paralela à Beira-Mar, na Praia de Iracema, centro turístico da Capital Cearense, nesta segunda-feira. Pedras foram atiradas pelos ativistas em resposta, quebrando carros estacionados por ali e chamando a atenção de quem está hospedado nos hotéis da região. O Brasil enfrenta a Colômbia em Fortaleza, na próxima sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Veja imagens do protesto, quando a situação já estava mais tranquila novamente.

Comentários

Sindicato da construção civil protesta no coração turístico de Fortaleza

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.