<
>

Nadal vence Bautista-Agut com facilidade e avança; Zverev elimina Aliassime

Foi necessário pouco mais de uma hora para que Rafael Nadal mostrasse por que é o maior campeão da história do Masters 1000 de Monte Carlo. Nesta quarta-feira, sem nenhuma dificuldade, estreou no saibro e eliminou o compatriota Roberto Bautista-Augut, número 22 no ranking mundial da ATP, por 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/1.

O primeiro set foi bastante tranquilo para o atual número 2 do mundo, quando conseguiu fechar a parcial 6/1 em apenas 30 minutos de partida. Na segunda parcial, Nadal até tomou alguns sustos, com um jogo mais equilibrado e precisando salvar três break-points seguidos no quarto game, mas conseguiu voltar ao bom desempenho e repetiu a parcial em 6/1. Este foi seu primeiro jogo oficial da temporada, com duração de 76 minutos.

Nadal fechou sua estreia no Masters 1000 de Monte Carlo, onde possui 11 títulos na carreira, com 16 winners contra apenas três, com 16 erros versus 20. Com o resultado, Nadal avançou para as oitavas de final de Monte Carlo, nas quais enfrentará o vencedor do jogo entre Grigor Dmitrov e Jan Lenard Stuff, que jogam ainda nesta quarta-feira.

Este foi o terceiro triunfo em três empates com Bautista e, no geral, agora são 16 vitórias seguidas em Monte Carlo, onde não perde desde as semifinais de 2015, quando foi superado por Djokovic (Nadal tem apenas quatro derrotas em 73 oportunidades no saibro monegasco).

Zverev elimina Aliassime

Em outra partida desta quarta, o alemão Alexander Zverev fez sua estreia contra Felix Auger-Aliassime e fez valer seu favoritismo com o terceiro mais bem cotado no Masters 1000 de Monte Carlo. Em dois sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4, ele despachou o canadense em 1h18 de confronto.

Aliassime foi convidado pela organização para jogar o torneio. Nervoso no início, cometeu muitos erros (14 não forçados contra apenas cinco de Zverev), facilitando a vida do alemão, que fechou a parcial em 6/1. No retorno para o segundo set, o canadense reagiu e chegou a ter quebra de vantagem em duas oportunidades, porém, o alemão atual número 3 do ranking da ATP foi para cima e não permitiu mais nenhum game vencido pelo rival.

Agora, Zverev terá pela frente o italiano Fabio Fognini, que não precisou atuar para garantir sua vaga nas oitavas, já que o francês Gilles Simon desistiu da competição.