<
>

Wawrinka, Khachanov e Munar são eliminados em Monte Carlo

O suíço Stan Wawrinka (atual número 36) parecia traçar uma classificação tranquila para as oitavas de final no Masters 1000 de Monte Carlo, porém, o italiano Marco Cecchinato (16º no ranking) surpreendeu e virou a partida, fazendo 2 sets a 1, com parciais de 0/6, 7/5 e 6/3.

Wawrinka conseguiu uma grande gordura no primeiro set, quando venceu tranquilamente. Depois, abriu 5/3 no segundo set, porém, sofreu uma incrível queda de produção e acabou perdendo o jogo. Ainda que não defenda pontos por lá, Wawrinka vai ganhando três posições no ranking da ATP, enquanto Cecchinato passa a ter chance de superar sua posição atual, já que avançou às oitavas de final.

Agora, Cecchinato enfrentará o argentino Guido Capella (35º). O argentino foi o ganhador do Brasil Open em São Paulo e eliminou Marin Cilic em Monte Carlo também por 2 sets a 1. Cecchinato e Pella já se enfrentaram duas vezes no circuito ATP com vitórias do italiano.

Outros confrontos

O italiano Lorenzo Sonego, atual 96 do mundo, venceu o russo Karen Khachanov, cabeça de chave 8, por 2 sets diretos, com parciais de 7/6 (7-4) e 6/4, em 1h52 de partida. Anteriormente ele já havia eliminado o compatriota Andreas Seppi na primeira rodada e agora, nas oitavas de final, enfrentará o vencedor da partida entre o húngaro Marton Fucsovics e o britânico Cameron Norrie.

Em outra partida desta terça em Monte Carlo, o espanhol Jaume Munar acabou desperdiçando uma grande vantagem e acabou eliminado do Masters 100 por Borna Coric (13º do ranking). Munar venceu o primeiro set e teve uma quebra de frente do segundo, porém o croata teve uma reação surpreendente e virou o duelo, que terminou em 3h26 com parciais de 6/7 (3-7), 7/6 (9-7) e 6/4. Agora, Coric terá pela frente o vencedor do confronto entre o francês Pierre Hugues-Herbert e o japonês Kei Nishikori, que ainda não estreou no torneio.