<
>

Soares e Murray confirmam participação no Rio Open de 2019

O Rio Open de 2019 já tem sua primeira dupla confirmada e não é qualquer uma: Bruno Soares e Jamie Murray, a quarta melhor do mundo em 2018. A sexta edição do maior torneio da América do Sul será disputada entre 16 e 24 de fevereiro de 2019, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Campeão de dois Grand Slams, Soares vai em busca do décimo troféu da dupla desde o início da parceria em 2016, além de tentar ser o primeiro brasileiro a vencer o torneio no Rio.

“O Brasil é muito bem representado no circuito pelos duplistas e o Bruno tem grande parcela de todo esse sucesso. No Rio, ele tem muito apoio do público e esperamos que em 2019 um tenista do Brasil possa sair campeão em uma Quadra Guga Kuerten lotada de torcedores brasileiros,” disse Luiz Carvalho, Diretor do Rio Open.

Além disso, Soares tentará quebrar um tabu: o mineiro parou nas semifinais nas cinco edições do torneio, com três parceiros diferentes, duas com o austríaco Alexander Peya, uma com o conterrâneo Marcelo Melo e outras duas com Murray.

“O jogo de duplas geralmente é decidido nos detalhes, e infelizmente ainda não tive a chance de disputar uma final no Rio. Mas eu e o Jamie gostamos muito de jogar no caldeirão da Quadra 1 e estamos confiantes de que esse será o ano”, afirmou o mineiro.

A dupla começa o ano em Doha e depois vai a Sydney, antes do Aberto do Austrália. O próximo torneio já será o ATP 500 carioca, e depois eles partem para as quadras duras de Acapulco, Indian Wells e Miami.

Na chave de simples, o Rio Open já tem quatro nomes garantidos: o número 8 do mundo Dominic Thiem, vice-campeão de Roland Garros, o italiano Fabio Fognini, 13º do ranking, o argentino Diego Schwartzman, atual campeão do Rio Open e 17º do mundo, e a sensação brasileira Thiago Wild, de 18 anos, que conquistou a vaga ao vencer a Maria Esther Bueno Cup.