<
>

Bia Haddad perde na estreia e está eliminada do WTA de Quebec

Bia Haddad durante o Miami Open deste ano Getty Images

A participação de Bia Haddad no WTA de Quebec, único torneio do circuito a ser competido em quadras de carpete, não durou muito. Nesta segunda (10), a brasileira, número 1 nacional e 126 do mundo, perdeu para a porto-riquenha Monica Puig, 50ª colocada do ranking mundial, atual campeã olímpica e cabeça de chave 3 da competição, por 2 sets a 0, parciais 6/2 e 6/3, em pouco mais de uma hora.

Com o resultado, a brasileira deve perder posições no ranking, mesmo que não defenda pontos ainda nesta semana. No entanto, a partir do dia 17 desse mês, Bia tem 180 pontos para descontar no WTA de Seul, visto que foi até a final no último ano. Caso não consiga, pode deixar o top 200.

Após sofrer uma lesão nas costas e passar por uma cirurgia para curar dores de uma hérnia de disco lombar, a ex-top 60 do mundo ficou três meses afastada das quadras. Diante desse cenário, o WTA de Quebec foi apenas sua quarta competição em 2018.

Sem um bom aproveitamento no saque na primeira parcial, Bia não impôs dificuldades para Puig, enquanto, no segundo set, sofreu a quebra logo de cara, mas deu o troco na sequência. Porém, a mais bem colocada tenista do Brasil não manteve a boa performance e voltou a sofrer novas quebras, perdendo a partida.

Na próxima fase, Puig encara a norte-americana Madison Brengle, que venceu a compatriota Victoria Duval por 6/4, 6/7 (2-7) e 6/4.