<
>

Gabriel Medina inicia temporada com pé direito em Gold Coast

Foi dada a largada na temporada de 2019 do Circuito Mundial de Surfe, cuja primeira etapa está sendo realizada na Austrália. Principal nome do Brasil, Gabriel Medina iniciou a defesa do título com o pé direito nesta quarta-feira, ao vencer a sexta bateria do dia e garantir a classificação direta para a terceira rodada. Nas águas de Gold Coast, outros brasileiros também avançaram.

Vale lembrar que, na primeira rodada da etapa, as baterias são compostas por três surfistas cada. Os dois melhores se classificam para a próxima fase, enquanto o terceiro vai à repescagem.

Medina fechou a sua bateria de estreia com a somatória de 13,84 (com parciais de 5,67 e 8,17, melhor nota da sessão). Na segunda posição, ficou o australiano Ryan Callinan, que foi páreo duro para o atual campeão do mundo, com 13,54 no total. O terceiro foi o novato e também brasileiro Mateus Herdy, campeão do Mundial Júnior, que, aos 17 anos, estreou na categoria principal com nota 7,23 e disputará repescagem com Julian Wilson (AUS) e Leonardo Fioravanti (ITA).

Os outros brasileiros que confirmaram vaga na terceira rodada foram: Ítalo Ferreira, Yago Dora, Filipe Toledo, Michael Rodrigues, Jessé Mendes e Deivid Silva.

O destaque fica por conta dos dois primeiros, que, com somatórias equivalentes a 14,33 e 11,93, respectivamente, superaram o multicampeão Kelly Slater (EUA), que disputará a repescagem ao conquistar nota de ‘apenas’ 9,70. Filipinho, por sua vez, ficou na segunda colocação de sua bateria, que teve o francês Joan Duru como vencedor e Caio Ibelli no terceiro lugar.

Desta forma, os brasileiros que não conseguiram a classificação, e estarão na repescagem, são: Caio Ibelli, Jadson André, Willian Cardoso, Peterson Crisanto e Mateus Herdy.

Confira abaixo todos os resultados das primeiras 12 baterias da temporada:

1: Owen Wright (AUS) 8.23 x Griffin Colapinto (EUA) 10.26 x Soli Bailey (AUS) 9.83

2: Jordy Smith (AFR) 5.03 x Ezekiel Lau (HAV) 10,47 x Jack Freestone (AUS) 10.67

3: Italo Ferreira (BRA) 11.93 x Yago Dora (BRA) 14.33 x Kelly Slater (EUA) 9.70

4: Filipe Toledo (BRA) 9.53 x Joan Duru (FRA) 11.10 x Caio Ibelli (BRA) 7.60

5: Julian Wilson (AUS) 8.36 x Seth Moniz (HAV) 11.17 x Reef Heazlewood (AUS) 9.50

6: Gabriel Medina (BRA) 13.84 x Ryan Callinan (AUS) 13.57 x Mateus Herdy (BRA) 7.23

7: Conner Coffin (EUA) 10.00 x Adrian Buchan (AUS) 10.13 x Jadson André (BRA) 8.40

8: Michel Bourez (PLF) 13.27 x Jeremy Flores (FRA) 8.90 x Leonardo Fioravanti (ITA) 7.57

9: Wade Carmichael (AUS) 13.07 x Michael Rodrigues (BRA) 13.17 x Ricardo Christie (NZL) 12.67

10: Kanoa Igarashi (JAP) 12.73 x Sebastian Zietz (HAV) 8.03 x Deivid Silva (BRA) 12.00

11: Kolohe Andino (EUA) 11.00 x Willian Cardoso (BRA) 8.40 x Jessé Mendes (BRA) 10.90

12: Mikey Wright (AUS) 12.10 x J.J. Florence (HAV) 10.93 x Peterson Crisanto (BRA) 8.36

As baterias de repescagem são:

1: Julian Wilson (AUS) x Leonardo Fioravanti (ITA) x Mateus Herdy (BRA)

2: Jordy Smith (AFR) x Ricardo Christie (NZL) x Caio Ibelli (BRA)

3: Owen Wright (AUS) x Peterson Crisanto (BRA)x Kelly Slater (EUA)

4: Willian Cardoso (BRA)x Sebastian Zietz (HAV) x Jadson André (BRA)