<
>

ERRATA: Onda gigante que viralizou não é a de Rodrigo Koxa; relembre a certa, de 2017

Ao contrário do que foi divulgado nas redes sociais e publicado pelo ESPN.com.br, entre outros sites, o brasileiro Rodrigo Koxa não surfou uma onda que poderia bater o recorde mundial como maior onda da história.

Detentor do recorde, obtido em 8 de novembro de 2017, em Nazaré, Portugal, em uma onda de 80 pés, ou 24 metros, o atleta foi procurado pela reportagem e negou a nova onda: "Não é minha. Pelo que eu percebi, um cara que tem muitos seguidores postou no Twitter com essa informação e minha esposa já até mandou mensagem para ele dizendo que isso é um equívoco. Não deu nem onda esses dias. Estou indo embora para o Brasil ainda hoje".

A onda em questão foi surfada pelo alemão Sebastian Steudtner, em janeiro de 2018 e foi finalista na premiação que consagrou o brasileiro, já que sua onda era ainda maior do que essa em questão.

"O recorde é meu. Eu consegui o Guinness World Record em abril e até agora não deu nenhuma onda gigante o suficiente para esse recorde ser batido nem por mim e nem por ninguém", finalizou Rodrigo.