<
>

Após perder título, Medina lamenta: "Não foi dessa vez, mas dei meu melhor"

Gabriel Medina caminha em praia cercado por fotógrafos Getty Images

Depois de ser eliminado nas quartas de final da etapa de Pipe Masters, última do Circuito Mundial de surfe, o brasileiro Gabriel Medina utilizou sua rede social para postar uma mensagem agradecendo o apoio de seus fãs. Medina era o único brasileiro com chances de título, mas acabou caindo nas quartas de final e viu o havaiano John John Florence faturar o bicampeonato.

“Não foi dessa vez, mas dei meu melhor, aprendendo todos os dias, superei obstáculos e eles me deixaram com mais vontade. Por isso acreditei até o fim. Surfei com vocês a cada onda, mas acredito que Deus tem algo melhor para mim no futuro. Voltaremos… prometo!”, escreveu Gabriel Medina em sua conta oficial no Instagram.

Não foi dessa vez, mas dei meu melhor, aprendendo todos os dias, superei obstáculos e eles me deixaram com mais vontade. Por isso acreditei ate o fim. Quero agradecer a Deus, pela saude, família, amigos, e o carinho de pessoas que nem me conhecem , todos sem exceção, pela torcida, mensagens e apoio. Surfei com vocês a cada onda… mas acredito que Deus tem algo melhor pra mim no futuro. Voltaremos… prometo! 🙏👊🇧🇷 ll It was not this time, but I gave my best, learning every day, overcoming obstacles and they left me hungrier. That’s why I believed until the end. I want to thank God, for health, family, friends, and affection of people who do not even know me, all without exception, by the crowd, messages and support. I surfed with you every wave … but I believe God has something better for me in the future. We’ll be back … I promise! 🙏👊🇧🇷

Uma publicação compartilhada por G. Medina (@gabrielmedina) em

Em pouco mais de uma hora, a publicação com uma foto de Medina sendo ovacionado pelo público conta com mais de 86 mil curtidas e dois mil comentários. Rival de Medina no Circuito Mundial, o brasileiro Adriano de Souza, o “Mineirinho”, segundo atleta nacional campeão do Mundial, comentou a publicação do amigo.

“Quero agradecer a Deus, pela saúde, família, amigos e o carinho de pessoas que nem me conhecem. Todos, sem exceção, pela torcida, mensagens e apoio”, disse.

Gabriel Medina, de 23 anos, foi o primeiro brasileiro da história a conquistar o título do Circuito Mundial. Em 2014, Medina venceu a briga com o australiano Mick Fanning e faturou a competição, colocando a “Brazilian Storm” no mapa do surfe mundial.

Na última segunda-feira, Gabriel Medina enfrentou o francês Jeremy Flores nas quartas de final da etapa de Pipe Masters, e acabou eliminado, ao somar 16,16 pontos contra 16,23 do adversário. Como John John já havia se classificado à semifinal, o líder do Mundial conquistou o título antes do término da etapa havaiana.