Sergio Prado

Sergio Prado

Uma mancha lamentável em uma conquista histórica

Sérgio Prado (blogueiro do ESPN.com.br)

SuperPoker
Mike Leah
Mike Leah

Ontem escrevi aqui no blog sobre o feito incrível que Mike Leah conseguiu nas mesas do WPT Falls View, com três vitórias no mesmo evento paralelo em anos praticamente consecutivos (2014, 2016 e 2017) e a conquista do Main Event da etapa agora em 2018.

Depois de publicar o post, recebi mensagens de alguns amigos (thanks Robbie Strazynski) alertando sobre as mãos disputadas no heads-up. Por exemplo, na primeira mão do mano a mano, Ryan Yu tinha 90 big blinds contra 39 big blinds de Mike Leah. Yu abriu raise para 4.000.000 em fichas e acabou dando fold quando Leah anunciou all-in de 4.695.000 em fichas... Na segunda mão, Leah deu limp e Yu fez um raise para 5.000.000 em fichas. Leah foi all-in novamente, dessa vez com 8.715.000 em fichas e o oponente largou mais uma vez...

O torneio acabou depois de apenas quatro mãos no heads-up e deixou praticamente óbvio que um acordo havia sido feito entre os dois protagonistas. Mas a confirmação veio mesmo com uma extensa publicação de Mike Leah em suas mídias sociais, onde confirma que conversou com seu oponente antes do heads-up e que eles redefiniram a premiação, deixando acertado que Leah ficaria com o título para confirmar sua marca incrível de vitórias.

Sempre fui contra os acordos no poker, e nesse caso acho ainda pior. O acordo não foi feito pelo valor monetário, e sim para confirmar uma conquista que deveria ter sido alcançada através da disputa honesta, como preza a regra do jogo. E como a organização afirmou que o heads-up teria que acontecer, eles armaram essa farsa para confirmar a "vitória" de Leah.

Tudo isso tira bastante do brilho da conquista histórica... Leah tem um currículo invejável no poker online, com 2 títulos de WCOOP, 4 títulos de FTOPS, 2 conquistas no SCOOP e 1 uma no TCOOP, além de 5 anéis de WSOP Circuit e 1 bracelete da WSOP, todos eles sem acordo no heads-up e conquistados através de sua imensa habilidade nas mesas. Agora, no maior feito de sua carreira, vai ficar essa mancha.

Ganhar três títulos de evento paralelo e chegar ao heads-up do Main Event no WPT Falls View deixando para trás 515 adversários sempre vai ser um feito impressionante. Mas agora acho necessário colocar um asterisco ao lado da última "conquista"...

Sérgio Prado
Trilha Sonora do dia: "Here Be Monster", Motorpsycho
Facebook: Sérgio Prado
Twitter: @seprado
Instagram: @seprado