Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira

Vasco reduz folha de pagamento em R$ 1,5 milhão mensais com saída de três jogadores

Mauro Cezar Pereira, jornalista do ESPN.com.br

Divulgação Vasco
Nenê foi do Vasco para o São Paulo: redução na folha de pagamentos
Nenê foi do Vasco para o São Paulo: redução na folha de pagamentos

Desde a posse de Alexandre Campello, o Vasco reestrutura seu departamento de futebol. Com poucos recursos e a maior parte de cota da TV Globo em 2018 já antecipada pelo ex-presidente Eurico Miranda — clique aqui e leia no blog de Rodrigo Mattos —, o objetivo tem sido a redução de custos e o acerto dos atrasados.

Duas já folhas de pagamento foram quitadas em 15 dias, e continuam as negociações com credores. Apenas com as saídas de três atletas (Escudeiro, Nenê e Luiz Fabiano) houve uma significativa queda de aproximadamente R$ 1,5 milhão no custo mensal do elenco de futebol, incluindo os encargos pagos pelo clube.

O Vasco está colocando em prática  um plano de parcelamento de suas dívidas, por isso liberou quem ganhava mais para montar uma equipe dentro das suas atuais possibilidades. A prioridade é se tornar capaz de pagar a remuneração de todos no dia 7 de cada mês. Na quarta-feira foram depositados os salários de janeiro.

E não é só. No Vasco ainda é feito um levantamento para se chegar ao real montante devido a jogadores e comissão técnica referente a pagamentos em geral, como premiações ("bichos") etc. Com a saída do trio, o clube economizará cerca de R$ 18 milhões que desembolsaria para remunerar esses jogadores até o final de 2018.

Inscreva-se no Youtube

Siga no Instagram: @maurocezar000