Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira

Ida antecipada de Mina para o Barcelona eleva faturamento do Palmeiras em mais de R$ 12,2 milhões

Mauro Cezar Pereira, blogueiro do ESPN.com.br


Basta a assinatura do Barcelona na documentação de transferência para o zagueiro Yerry Mina, de 23 anos, ser jogador do time catalão já neste começo de 2018. A negociação antecipada elevará em mais de R$ 12,2 milhões o faturamento do Palmeiras na negociação.

Gazeta Press
Yerry Mina sairá do Palmeiras antes do previsto e Barcelona pagará mais
Yerry Mina sairá do Palmeiras antes do previsto e Barcelona pagará mais

Se Mina fosse para a Espanha em julho, como inicialmente acertado com o Barça, o clube espanhol pagaria € 9 milhões e o Palmeiras receberia € 6.840.000.
Com o zagueiro indo agora para a Europa, o clube europeu desembolsará € 12,39 milhões, ficando para o time brasileiro € 10 milhões líquidos.

Do total, € 450 mil iriam para o clube formador, Deportivo Pasto, pagos pelo Barcelona; com o Independiente Santa Fé, detentor de 20%, levando aproximadamente € 1,8 milhão em cima do valor estipulado de € 9 milhões.

Se Mina deixasse o Brasil em julho, o Palmeiras embolsaria menos € 3,160, já que os catalães subiram os valores para obter a liberação imediata do colombiano. Os dirigentes do Independiente Santa Fé já assinaram a documentação.

O ex-presidente Paulo Nobre pagou US$ 3 milhões quando da contratação de Mina. Significa que cerca de € 2,5 milhões irão reembolsá-lo, cabendo ao Palmeiras o equivalente a pouco mais de R$ 29 milhões, já descontado o que o ex-dirigente desembolsou em 2016. Segurando Mina por mais alguns meses, o clube brasileiro receberia R$ 16,8 milhões.

Inscreva-se no Youtube

Siga no Instagram: @maurocezar000