Renato Senise

Renato Senise

O drama do jogador mais caro da história do clube, mas que ainda não marcou gol nessa Premier League

O drama do jogador mais caro da história do clube, mas que ainda não marcou gol nessa Premier League


Quarenta e oito minutos do segundo tempo. Pênalti para o time da casa. Jogo empatado em 2 a 2 com um adversário direto na briga contra o rebaixamento. O cobrador oficial do time pega a bola. Mas o jogador mais caro da história do clube, atacante que vive péssima fase, sem ter marcado nenhum gol na temporada, resolve que essa é a hora da redenção. Ele “rouba” a bola e bate o pênalti. Erra. 

Tudo isso você vê no vídeo acima. Vê também a gravação de um torcedor, mostrando que a torcida se desespera ao perceber que o cobrador ia mudar. Os torcedores gritam o nome de "Luka (Milivojevic, batedor oficial da equipe)" pra ver se conseguiam reverter a situação. Vê o técnico falando que também gritou para tentar barrar a repentina alteração do batedor. Nada adiantou. Christian Benteke assumiu a responsabilidade. E errou.

Ele foi o reforço mais caro da história do Palace. Custou 32 milhões de libras (27 à vista, 5 em aditivos do contrato). Na temporada passada, teve ótimo desempenho, marcando 17 gols em 39 jogos. Mas a fonte parece ter secado. Em 2017/2018, ainda não balançou a rede. Disputou 12 jogos. Passou 942 minutos em campo. E nada. 

No vídeo, vemos como é difícil para o torcedor lidar com a situação. Sentimentos divididos: o orgulho de ter um jogador desse nível em um time tradicional, mas modesto, e a decepção por ele não estar entregando nem metade do que se espera.

Benteke tem 27 anos. O atacante belga vive, sem dúvida, o pior momento da carreira. Depois de surgir no Genk, foi para a Inglaterra. Brilhou no Aston Villa. Três temporadas, 49 gols em 101 jogos. Vendido para o Liverpool, não teve muitas chances com Jurgen Klopp e se transferiu para o Crystal Palace. Já disputou 32 partidas pela seleção belga, com 12 gols. Participou da última Eurocopa, no ano passado.  

Tentamos falar com Benteke depois da última partida, contra o Watford. Como já era esperado, ele não está dando entrevistas. Compreensível. Dá pra imaginar a pressão que está sentindo, e o momento realmente não é de falar. Entrevistamos o técnico Roy Hodgson e os torcedores. Os principais trechos estão no vídeo acima. 

O Palace volta a campo nesse sábado, fora de casa, contra o Leicester. Benteke deve ser titular mais uma vez. Se não marcar, o atacante alcançará a incrível marca de 1000 minutos sem um golzinho sequer.