Varal ESPN

Varal ESPN

Gigante europeu surpreende e, após 43 anos, troca Adidas por Puma

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br
Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images
Olympique de Marselha Adidas Braçadeira Capitão Rennes Campeonato Frances 11/09/1998
Olympique de Marselha veste Adidas deste a temporada 1974/75: fim de uma era

Quando o bilionário Frank McCourt comprou o Olympique de Marselha, um dos mais tradicionais e importantes times da Europa, em outubro do ano passado, ele prometeu investir R$ 700 milhões nas próximas temporadas para transformar o clube em potência novamente - como nos anos 90, quando os marselheses conquistaram três Campeonatos Franceses e uma Uefa Champions League. Não era esperado, porém, que ele decidisse acabar com uma das mais famosas parcerias time/fornecedor na história.

Na última segunda-feira, a Puma comunicou, por meio das redes sociais, que irá assumir o uniforme do Olympique a partir da temporada 2018/19.

"Nos vemos em julho de 2018...", postou a marca germânica, no Instagram.

Ou seja: será o fim da parceria de mais de 40 anos entre a equipe de Marselha e a Adidas, que fabrica os uniformes azuis e brancos desde a temporada 1974/75, num dos mais longos acordos de todos os tempos no futebol e no esporte em geral.

Segundo a imprensa francesa, o principal motivo dessa decisão foi mesmo o dinheiro: a Puma ofereceu mais que a concorrente e acabou fechando contrato por 14 milhões de euros (R$ 47,5 milhões) até 2023 com o atual 5º colocado da Ligue 1.

Além disso, a Puma concordou em ceder o comando das lojas à diretoria do clube, o que a Adidas não queria fazer - isso também acabou motivando o fim da longa era.

Payet marca o seu primeiro na Ligue 1 e Olympique de Marseille bate o Guingamp

Com isso, a Adidas só fará mais um lançamento de linha para o Olympique de Marselha: o da temporada 2017/18, que ainda será divulgado pela empresa alemã em breve.

Vale lembrar que, apesar de estar meio sumido nos últimos anos, o OM é um dos maiores clubes da Europa. Além de ser o único time francês a conquistar a Liga dos Campeões, a equipe acumula nove títulos da Ligue 1, 10 da Copa da França e três da Copa da Liga.

  • 43 anos (quase) ininterruptos

Marselha bate Angers, embala 2ª vitória seguida e sobe para o 5º lugar

Olympique e Adidas iniciaram sua longa parceria em 1974, quando o time de Marselha passou a ter as três listras características da marca nas mangas de seu uniforme.

Desde então, o acordo só foi desfeito temporariamente por um ano: entre 1993 e 1994, quando o time francês foi investigado pela Uefa e punido em um escândalo de tentativa de manipulação de resultados na Ligue 1, o que inclusive lhe rebaixou para a segunda divisão francesa e o impediu de disputar competições internacionais, como a Champions League de 1993/94 (mesmo sendo o atual campeão do torneio continental).

Por causa desse problema, aliás, o Olympique foi retirado da disputa da Copa Intercontinental de 1993, e o Milan, vice-campeão da Liga dos Campeões 1992/93, foi selecionado para jogar no Japão contra o São Paulo. Em campo, o Tricolor venceu os italianos por 3 a 2 e faturou a taça.

Em 1994, o acordo entre Marselhe e Adidas foi retomado, e a marca continuou fabricando os uniformes da equipe, alternando camisas bonitas, camisas não tão bonitas e uniformes revolucionários.

Uma das indumentárias mais lembradas pelos fãs é a camisa dois da temporada 2008/09, com losangos que deixaram o uniforme com cara de "suéter da vovó". Os torcedores tiveram relação de amor e ódio, mas é inegável que a peça entrou para a história.

VALERY HACHE/AFP/Getty Images
Brandão Olympique de Marselha Monaco Campeonato Frances 15/02/2009
O atacante Brandão com a camisa dois da temporada 2008/09: histórica

O tom de azul do manto também mudou diversas vezes ao longo dos anos.