<
>

Felipe Mojave fica com a terceira colocação no WPT Deepstacks Bruxelas

Divulgação WPT

A consistência de Felipe Mojave nos grandes torneios de poker é impressionante. Durante 2017, o craque do Team PokerStars Pro disputou os maiores eventos ao redor do planeta e conseguiu premiações em praticamente todas as séries que disputou.

Nessa madrugada, o brasileiro conseguiu mais um excelente resultado. Dessa vez, ficou com a terceira colocação no WPT Deepstacks Bruxelas (€ 1.200 No Limit Hold'em), recebendo € 40.335,00.

Melhor brasileiro no ranking "Player of the Year" do Global Poker Index, Felipe Mojave teve uma vida de "globetrotter" em 2017 e conquistou premiações em torneios de poker em doze países diferentes (Bahamas, Inglaterra, Uruguai, Panamá, Brasil, Macau, Mônaco, Rússia, Estados Unidos, Espanha, República Checa e Bélgica), uma marca espetacular.