<
>

Rússia é banida das Olimpíadas de Inverno por doping sistemático

Rússia foi banida pelo COI dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 Getty Images

Em uma decisão sem precedentes na história do esporte, a Rússia foi banida nesta terça-feira pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, que serão realizados na cidade de Pyeongchang, na Coreia do Sul.

Isso é uma punição pelos esquemas de doping sistemáticos de atletas russos que vem sendo revelados nos últimos meses, em diversas modalidades diferentes, contando inclusive com apoio do Governo.

Com isso, dirigentes e membros do Estado russo estão proibidos de participarem do evento. A bandeira do país não será mostrada em nenhum local, e o hino nacional tampouco será tocado nas cerimônias de premiação.

Apesar da Rússia ter sido banida, atletas russos poderão competir sob bandeira neutra do COI, sem representar a nação - que, portanto, não ganhará medalhas.

Além disso, o Comitê também baniu pelo resto da vida o vice-primeiro-ministro russo, Vitaly Mutko, que foi ministro do esporte do país até 2016, impedindo que ele tenha qualquer tipo de envolvimento nas próximas Olimpíadas de Inverno. Também foi ordenado que o governo russo pague uma indenização de R$ 65 milhões pelo custo das investigações sobre os esquemas de doping dos atletas.

"(O esquema de doping sistemático da Rússia) Foi um ataque sem precedentes sobre a integridade dos Jogos Olímpicos e do Esporte", definiu o presidente do COI, Thomas Bach, em coletiva realizada nesta terça, em Lausanne, na Suíça.