Surpreso, São Paulo promete recorrer da perda de mando

ESPN.com.br com Agência GE
A perda do mando de uma partida em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pegou a diretoria do São Paulo de surpresa. O gerente jurídico do Tricolor, Edgar Galvão, já avisou que o clube vai recorrer da punição imposta pelo STJD.

"Fiquei sabendo disso agora. Temos outro advogado (Roberto Amerlim) que foi ao tribunal. Mas, certamente, vamos recorrer. Não há dúvidas disso", afirmou o dirigente, em contato por telefone.

Em função da invasão de um torcedor ao gramado do Morumbi na partida contra o Internacional, dia 28 de outubro, o clube do Morumbi perdeu o mando de uma partida e ainda acabou multado em R$ 10 mil. Pela decisão do tribunal, o clube teria de mandar o jogo contra o Sport, na última rodada do Brasileirão, a uma distância de 100 quilômetros do Morumbi.

No entanto, Edgar Galvão não concorda com o gancho. "Esta decisão contraria a jurisprudência do STJD e a redação da lei. Pelos casos que antecederam em que o torcedor foi identificado e encaminhado a uma delegacia, não lembro de condenação. Isso nos surpreende, porque contraria nosso entendimento jurídico do assunto", completou.

O São Paulo foi enquadrado no artigo 213 (deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens em sua praça de desportos). Porém, na opinião do departamento jurídico, o clube não deveria ter sido condenado, já que deteve o invasor e o identificou.

Mas, de acordo com a decisão do STJD, a identificação do torcedor só exime o clube de culpa em caso de arremesso de objeto ao gramado, e não nas invasões de campo.
Comentários

Surpreso, São Paulo promete recorrer da perda de mando

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.