Dinheiro jogado fora? Quatro portugueses de R$ 600 milhões que só decepcionam

ESPN.com.br

Os portugueses: André Silva, Renato Sanches, André Gomes e João Mario
Os portugueses: André Silva, Renato Sanches, André Gomes e João Mario GettyImages

André Silva, 22, chegou ao Milan por 38 milhões de euros (R$ 159 milhões na cotação da época) na janela de agosto de transferências. O alto investimento depositado alimentou a expectativa de muitos torcedores, que esperavam ver um craque. Não tem sido assim.

Neste sábado, diante da Atalanta, em duelo válido pela 18ª rodada do Campeonato Italiano, jogo com transmissão exclusiva da ESPN, a partir das 14h50, o atacante deve começar o confronto do banco de reservas.

Tem sido assim nos jogos pela primeira divisão nacional. André Silva só tem espaço entre os titulares quando o compromisso do Milan é pela Copa da Itália ou pela Liga Europa, torneios que não são nem de perto prioridades para o clube rossonero.

André Silva é preterido por Kalinic, que custou 20 milhões de euros (na época, R$ 95 milhões) vindo da Fiorentina. E, por mais que o português acumule boas apresentações na seleção de seu país, a situação no Milan não muda.

O técnico Gennado Gattuso até "puxou a orelha" do jovem após a derrota para Rijeka por 2 a 0 pela Liga Europa.

“André Silva? Todos conhecemos o valor dele, por Portugal marca sempre, mas quando joga pelo Milan tem de fazer mais. Lutou bastante, mas parecia um corpo estranho. Quando se veste a camisa do Milan, tem que respeitá-la”, disse o técnico.

Tempo real: GOL DO MILAN! André Silva domina no peito, gira e marca seu segundo no jogo

OUTROS CASOS

André Silva não está sozinho. Há outros compatriotas dele que também vêm decepcionando na Europa.

O meia João Mario foi contratado pela Inter de Milão junto ao Sporting por incríveis 40 milhões de euros (R$ 158 milhões), com um bônus previsto de 5 milhões de euros. Ou seja, uma operação que pode chegar a R$ 178, na cotação atual.

Mas o jogador também virou uma decepção para o clube neroazzurro. Ele ocupa o banco de reservas nos jogos do time, tendo sido titular em apenas duas oportunidades dos 11 jogos que fez na atual temporada.

Ao todo, acumula 456 minutos jogados pela Inter de Milão.

O meia Renato Sanches também não tem muito do que se orgulhar. Ele custou aos cofres do Bayern de Munique 35 milhões de euros (R$ 138), que com possibilidade de bônus de 45 milhões de euros (R$ 178 milhões) dependendo das atuações deles.

As cifras altas se justificavam no momento da negociação (maio de 2016) pelas boas atuações do jogador pelo Benfica. Assinou um contrato de cinco anos. Mas na Alemanha ele não conseguiu repetir seus bons momentos.

Sanches virou reserva e foi cedido por empréstimo ao Swansea City em agosto da atual temporada. E tenta se recuperar.

Por fim André Gomes também não vem agradado. Ele deixou o Valencia em julho de 2016 rumo ao Barcelona por 35 milhões de euros (R$ 138 milhões), com possibilidade de pagamento de bônus de 20 milhões euros (R$ 79 milhões).

Nesta temporada, fez 14 jogos, apenas cinco como titulares.

A decepção aumenta se somar os valores (sem os bônus) de compra desses jogadores: exatos R$ 593 milhões investidos!

Comentários

Dinheiro jogado fora? Quatro portugueses de R$ 600 milhões que só decepcionam

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.