Após reunião, Chile se mostra otimista em ter Rueda como técnico, e multa vira 'mero detalhe'

ESPN.com.br
Gilvan de Souza/Fla Imagem
Reinaldo Rueda durante treinamento do Flamengo
Reinaldo Rueda durante treinamento do Flamengo

Na noite desta quarta-feira, 20, o presidente da federação chilena, Arturo Salah, se reuniu junto a Reinaldo Rueda e deu seguimento às conversas. A negociação avançou e o técnico do Flamengo está perto de assumir a seleção.

De acordo com o jornal La Tercera, a reunião aconteceu em Cali, onde o técnico passa suas férias, e também contou com um de seus vice-presidentes.

Esta foi a primeira vez que Rueda se encontrou pessoalmente com dirigentes da federação chilena. Há uma semana, o técnico já havia conversado por vídeo com Salah e iniciou a negociação.

A intenção dos chilenos era de ter uma reunião 'cara-a-cara' com o técnico, e conseguir acertar detalhes importantes para que o acordo evoluísse.

Ao que tudo indica, as conversas prosperaram e deixam Rueda cada vez mais perto de dirigir o Chile a partir do próximo ano. A intenção é de que o colombiano lidere um projeto de reformulação da seleção. O contrato seria até 2021 com renovação automática caso classifique para a Copa do Mundo de 2022.

Dentro da própria federação o otimismo é grande e que o negócio "está avançando". A multa da rescisão com o Flamengo de U$ 1,5 milhão (cerca de R$ 3,2 milhões), antes vista como um empecilho, já não é nem mais tema de discussão: chegando ao acordo com Rueda, a multa será paga.