Em dia de homenagem dos Lakers à lenda Kobe, Durant 'estraga' festa, lidera vitória dos Warriors na prorrogação e faz até piada

ESPN.com.br e Efe
Assista aos lances da vitória do Golden State Warriors sobre o Los Angeles Lakers, por 116 a 114


Na noite em que ficaram marcadas as diversas homenagens a Kobe Bryant, com a aposentadoria das duas camisas que usou durante sua vitoriosa carreira na NBA, sua ex-equipe, o Los Angeles Lakers, viu Kevin Durant "estragando" a festa e acabou derrotado na prorrogação pelo Golden State Warriors, por 116 a 114, pela temporada 2017/18.

Durant foi o cestinha e fez um duplo-duplo, com 36 pontos e 11 rebotes pelo lados dos atuais campeões. Com um sorriso, o ala de 29 anos afirmou ter feito seu próprio tributo ao ex-ala-armador.

"Isso foi pela 'Noite de Kobe'. Tive que levantar a galera", afirmou ele, bem-humorado, que é fã confesso de Bryant.

Já pelos Lakers, Kyle Kuzma deixou a quadra com 25 pontos.

Mas durante alguns minutos, o jogo foi o que menos importava para o público que lotou o Staples Center. No intervalo, Kobe foi chamado por outra lenda da franquia de Los Angeles, Magic Johnson, para o centro da quadra, onde aconteceu a cerimônia que contou com outros jogadores históricos da franquia.

De Shaquille O'Neal a Allen Iverson, dúzias dos ex-companheiros de Kobe Bryant estiveram também presentes.

"Estamos aqui para celebrar o maior da história desta franquia. Jamais haverá outro Kobe Bryant", destacou Magic. "Espero os senhores tenham gravado cada jogo, porque nunca mais teremos um Kobe", afirmou.


A festa também contou com a presença dos próprios jogadores dos Warriors, assim como já havia falado o técnico Steve Kerr, no último sábado.

"Só pela experiência de ver um dos maiores jogadores da história do basquete tendo sua camisa aposentada e nós estando lá... Não vou mantê-los presos no vestiário para assistir vídeos do primeiro tempo. Os jogadores olhariam para mim pensando que sou louco", comentou Kerr, à oportunidade.

Campeão cinco vezes da NBA, o antigo ala-armador, aposentado desde o final da temporada regular 2015-2016, viu ao lado de sua esposa e as três filhas, suas duas camisas (8 e 24) serem aposentadas, entrando de vez para o hall dos maiores da história da NBA.

Getty
Durant foi o cestinha do jogo
Durant foi o cestinha do jogo
Kobe é o décimo jogador a entrar para a história dos Lakers com camisas aposentadas pela franquia de Los Angeles. Seus números estão ao lado de Shaquille O'Neal, Magic Johnson, Elgin Baylor, Kareem Abdul-Jabbar, James Worthy, Gail Goodrich, Wilt Chamberlain, Jamaal Wilkes e Jerry West.

"Não é sobre o destino, é sobre a jornada. Se vocês conseguirem entender isso, não é que vocês vão conseguir alcançar seus sonhos. Vai ser algo ainda maior. E se vocês entenderem isso, então eu vou estar fazendo bem o meu trabalho como pai", disse Kobe, em pronunciamento emocionado, com o microfone à mão.

Quando perguntado sobre qual camisa vestiria uma possível estátua sua, Bryant riu e afirmou que elas não necessitam ter números, mas disse qual é sua preferência entre o número 8 e o 24.

"A 24 foi mais desafiadora. Eu acabei gravitando em uma área de coisas mais difíceis de se fazer. Acho que se fosse forçado a escolher uma, provavelmente iria com a 24 por conta disso", opinou.

  • O que mais rolou?


O Houston Rockets conquistou sua 14ª vitória consecutiva, ao superar o Utah Jazz, no Toyota Center, por 120 a 99.

Eric Gordon foi o cestinha com 33 pontos. Os outros destaques dos Rockets, líderes da Conferência Oeste, foram Clint Capela, com um duplo-duplo, fazendo 24 pontos e 20 rebotes, e James Harden, com 26 pontos.

No Jazz, Rodney Hood foi o principal nome, com 26 pontos.

 Com Jimmy Butler fazendo a diferença, o Minnesota Timberwolves derrotou o Portland Trail Blazers, no Target Center, pelo placar de 108 a 107.

O ala-armador dos Wolves foi o cestinha com 37 pontos. Outro destaque da franquia do estado de Minnesota foi Jamal Crawford, com 23 pontos. Pelo lado dos Blazers, Damian Lillard ficou perto de um triplo-duplo, com 17 pontos, 13 assistências e oito rebotes.

O San Antonio Spurs recebeu o Los Angeles Clippers, no AT&T Center, e venceu a partida por 109 a 91.

LaMarcus Aldridge, dos Spurs, foi o cestinha do duelo, com 19 pontos. Já nos Clippers, DeAndre Jordan conseguiu um duplo-duplo, marcando 13 pontos e 14 rebotes.

O Phoenix Suns visitou o Dallas Mavericks, no American Airlines Center, e derrotou os donos da casa por 97 a 91.

TJ Warren e Isaiah Canaan foram os principais nomes dos Suns, com 19 e 17 pontos, respectivamente. Já nos Mavs, Harrison Barnes foi o cestinha com 26 pontos.