Juventus apresenta elenco para a Série A2 com medalhões

ESPN.com.br com agência Gazeta Press

O Juventus, um dos clubes mais tradicionais de São Paulo, caiu para a segunda divisão do Campeonato Paulista em 2008, quando ficou na 17ª colocação do torneio estadual. Desde então, o clube da Mooca, na zona leste, busca retornar à elite do futebol paulista. Para manter o sonho vivo, a equipe apresentou o elenco que irá disputar a Série A2 do Paulistão em 2018, na manhã desta segunda-feira, na Sede Social do clube.

O evento desta segunda contou com a presença de dirigentes, diretores, sócios torcedores, patrocinadores, jogadores e membros da torcida organizada do clube, que colocaram faixas de apoio aos atletas no salão onde foi realizada a apresentação do elenco. A principal novidade do Juventus para a Série A2 é a presença de dois jogadores conhecidos do público paulista: o lateral Wendel, ex-Palmeiras, e o volante Rosinei, ex-Corinthians.

“É uma alegria receber todos nesse dia festivo. Contamos com o apoio de todos os torcedores juventinos. Queremos colocar o Juventus lá no alto, de onde nunca deveria ter saído, e quero ser testemunha disso. Estávamos carentes de pessoas que olhassem para o futebol profissional. Peço que os atletas se dediquem, e que saibam do peso dessa camisa”, disse o presidente Domingos Sanches, há um ano e meio no cargo máximo da diretoria do Juventus.

Além da apresentação de 25 atletas que irão compor o time profissional do Juventus, o evento desta segunda, na Mooca, mostrou os novos uniformes de jogo, treino e viagem da tradicional equipe. Os “medalhões” Rosinei e Wendel foram modelos na apresentação .

Rosinei, de 34 anos, foi contratado pela comissão técnica de Edmilson de Jesus para ser um dos líderes do elenco. Ex-jogador do Corinthians, o volante tem um dos currículos mais vitoriosos do Brasil, tendo conquistado o Campeonato Brasileiro, em 2005, com a camisa do Corinthians, além da Copa Sul-Americana de 2008, pelo Internacional de Porto Alegre, e da Copa Libertadores de 2013, quando defendeu as cores do Atlético Mineiro.

Nesta temporada, Rosinei defendeu o CSA, de Alagoas, e sagrou-se campeão da Série C, mas optou por deixar o clube e retornar ao futebol paulista. Situação parecida com a de Wendel, lateral e volante que defendeu o Palmeiras por mais de sete temporadas.

Aos 36, Wendel retorna ao Juventus, um dos clubes do início de sua carreira, com contrato até o fim da Série A2 do Paulistão. Wendel possui passagens por Santos, Ponte Preta, Atlético-PR, Boa Esporte e Mogi Mirim. O jogador deixou o Verdão em 2014.

Responsável por comandar o Juventus no sonho do acesso, o técnico Edmilson de Jesus mostrou-se animado com o experiente elenco juventino. “Já imaginava a dimensão e o tamanho do clube. Sempre procuro trabalhar com atletas experientes e que sejam vitoriosos, que tenham títulos na carreira. Isso só agrega nosso vestiário, agrega no conceito de treinamentos, de vestiário”, comentou Edmilson à Gazeta Esportiva, antes de se definir como um técnico que prioriza o sistema ofensivo. “Tenho um modelo de trabalho voltado para a posse de bola, para os passes, com pressão no adversário. Equilíbrio muito meu time entre defesa e ataque. Busco uma equipe que agride bastante, mas que também não dê chance ao adversário”.

Após a apresentação dos jogadores, o presidente Domingos Sanches também agradeceu os diversos patrocinadores do Juventus, com destaque para o Hospital São Cristóvão, principal patrocinador da equipe. Em sua fala, Sanches aproveitou para “cutucar” os rivais do Juventus que passam por problemas financeiros, como é o caso da Portuguesa.

“Enquanto alguns correm atrás de patrocinadores, o Juventus resolveu olhar para o nosso bairro, para a Mooca, e abraçar a comunidade, assim como eles nos abraçaram”, comentou. Entre os mais de 20 patrocinadores existem lojas de colchões, pet shops, churrascarias, restaurantes de comida japonesa e academia de musculação, todos empreendimentos do bairro da Mooca.

Antes de estrear na Série A2, no dia 17 de janeiro, contra o Votuporanguense, fora de casa, o Juventus realiza três jogos-treinos contra clubes paulistas. No dia 23 de dezembro, enfrenta o Atibaia. Já nos dias 29 de dezembro e 6 de janeiro, encara Desportivo Brasil e Bragantino, respectivamente.

* Especial para a Gazeta Esportiva