8 ou 24? Compare os números de Kobe Bryant com as duas camisas que imortalizou

ESPN.com.br

Getty Images
Kobe Bryant imortalizou os números 8 e 24 no Los Angeles Lakers
Kobe Bryant imortalizou os números 8 e 24 no Los Angeles Lakers

Nesta segunda-feira, Kobe Bryant será homenageado pelo Los Angeles Lakers com a aposentadoria das duas camisas usadas por ele durante sua carreira na NBA - 8 e 24. Pentacampeão do melhor basquete do mundo, Kobe imortalizou os dois números, mas, afinal, com qual deles o ala-armador foi melhor?

Na quantidade de jogos, a vantagem fica com a primeira camisa, a "8" - 707 contra 638. No entanto, com a "24", Kobe foi mais eficiente. Com médias maiores em minutos, pontos, assistências, rebotes e outras estatísticas, o ala-armador conseguiu quase o mesmo montante de pontos com o "24", mesmo jogando menos - 16.866 antes para 16.717 depois.

Em playoffs, a vantagem é ainda maior para a camisa 24. Ao todo, foram 15 aparições de Kobe na pós-temporada - nove como "8" e seis como "24" - com o segundo número, o ala-armador tem 6,5 pontos de média a mais, além de mais rebotes e assistências.

Apesar deste cenário, o "8" ganha na quantidade de títulos, com um tricampeonato de 2000 a 2002 ao lado de Shaquille O'Neal. Vestindo o número 24, Kobe voltou a ser campeão em 2009 e 2010, quando foi dominante nas conquistas.

Saindo das estatísticas, Kobe Bryant realizou grandes feitos de destaque com as duas camisas. Como número 8, o ala-armador conseguiu registrar a segunda maior marca de pontos em um jogador em apenas uma partida, com 81 contra o Toronto Raptors. Já com o 24, Kobe foi duas vezes campeão da NBA como MVP das finais, além de um MVP da temporada, em 2008.

Duas carreiras de Hall da Fama: lendas comparam ambos 'Kobes', 8 e 24, e contam histórias do craque

Além deste números, Kobe imortalizou as duas camisas com várias marcas que entraram para a história da Liga, confira:

Camisa 8
Oito aparições em All-Star Games (1998, 2000-06);
Duas vezes o maior pontuador da temporada da NBA (2003 e 2006);
Campeão do torneio de enterradas (1997);
Quatro temporadas na seleção dos melhores jogadores da NBA (2002, 2003, 2004, 2006);
Quatro temporadas entre os melhores defensores da NBA (2000, 2003, 2004, 2006);
Quatro aparições em finais de NBA (2000-02, 2004);
Três vezes campeão da NBA (2000-02);
Médias por jogo em temporada regular (707 jogos): 35,7 minutos; 45,10% nos arremessos de quadra; 23,7 pontos; 5,1 rebotes; 4,5 assistências; 1,5 roubos de bola e 0,6 tocos.
Médias por jogo em playoffs (nove aparições - 126 jogos): 22,9 pontos; 4,9 rebotes; 4,5 assistências; 1,3 roubos de bola e 0,7 tocos.

Camisa 24 
Dez aparições em All-Star Games (2007-16);
Duas vezes o maior pontuador da temporada da NBA (2007 e 2008);
Sete temporadas na seleção dos melhores jogadores da NBA (2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013);
Cinco temporadas entre os melhores defensores da NBA (2007, 2008, 2009, 2010, 2011);
Três aparições em finais de NBA (2008-10);
Duas vezes campeão da NBA (2009 e 2010);
Uma vez MVP da temporada da NBA (2008);
Duas vezes MVP das Finais da NBA (2009 e 2010);
Médias por jogo em temporada regular (638 jogos): 36,6 minutos; 44,17% nos arremessos de quadra; 26,2 pontos; 5,3 rebotes; 4,9 assistências; 1,4 roubos de bola e 0,3 tocos.
Médias por jogo em playoffs (seis aparições - 94 jogos): 29,3 pontos; 5,3 rebotes; 5,1 assistências; 1,5 roubos de bola e 0,6 tocos.

A comparação entre as duas camisas está em um nível muito alto, talvez por isso se faça justo o fato dos Lakers escolherem aposentar os dois números de Kobe. Porém, se a franquia tivesse que escolher um, provavelmente o "24" seria a opção.

Mesmo sendo mais campeão com o primeiro, foi com a "24" que o ala-armador venceu dois títulos de forma dominante em quadra e se conquistando dois MVPs de Finais irretocáveis.