Renato, reforços e 'mais títulos': o que Grêmio espera de 2018 após vice no Mundial

ESPN.com.br
Jogadores do Grêmio após derrota para o Real Madrid na final do Mundial
Jogadores do Grêmio após derrota para o Real Madrid na final do Mundial Getty

Com o vice-campeonato do Mundial de Clubes, após derrota por 1 a 0 para o Real Madrid na final, o ano de 2017 chega ao fim oficialmente para o Grêmio e é hora de pensar em 2018. No planejamento, a renovação do técnico Renato Portaluppi, reforços e “mais títulos”.

Os pontos têm diferentes status. A renovação com Renato parece a mais bem encaminhada, segundo disse o próprio presidente Romildo Bolzan Jr., ainda em Abu Dhabi, após a decisão.

“Está bem conversado. Não foi possível finalizar aqui, mas semana que vem terá um avanço, creio eu, porque há um desejo recíproco: o Grêmio quer ficar com ele, e ele quer ficar no Grêmio. Se essas duas vontades convergirem, e vão convergir, vamos encontrar um caminho final”, disse.

Renato também adotou tom parecido. "Todos sabem da vontade que tenho de permanecer no Grêmio e é vontade deles também. Não é o momento, as pessoas estão conversando e trocando ideias. Estava pensando somente no Mundial. Agora voltamos para o Brasil e é descansar. As pessoas que precisam conversar vão seguir falando para ver se chegamos a um acordo. A coisa que menos me preocupa é minha renovação. Deixa as pessoas certas tocarem este assunto em frente."

A renovação de Renato é prioridade porque, no elenco, a maioria dos contratos é de longo prazo. A principal preocupação é em relação a Arthur, na mira de Barcelona e Real Madrid.

Grohe e Luan vêem Grêmio de 'cabeça erguida': 'Tentamos com todas as forças'

“ O Grêmio tem contratos renovados e de longo prazo com todos eles. Se chegarem propostas irrecusáveis, o Grêmio examina. Mas montamos um time para ter mais tempo com esses jogadores. O raciocínio de que um plantel mais longevo e de longo prazo dá mais resultados está presente. Se tiver propostas, vamos ver. É natural que, com o nível de rendimento destes atletas, aconteçam propostas. Não é a melhor janela. Mas não tenho dúvidas de que vão haver”, avaliou Bolzan.

Outra saída, essa certa, será a do atacante Lucas Barrios, liberado para procurar outra equipe. Para a mesma posição, em 2017, o Grêmio contou com Jael, que tem contrato chegando ao fim, mas quer ficar.

Renato Gaúcho diz que Real mereceu ganhar e admite: 'Estamos muito tristes, mas de cabeça erguida'

“Tenho muita a contribuir. Meu contrato acaba agora, já teve um contato, mas ainda não chegou nada. Prioridade é do Grêmio, quero ficar aqui. Se ficar, o torcedor pode esperar o Jael que viu no final do ano”, disse o atacante.

Já na busca por eventuais reforços, os dirigentes do Grêmio adotam cautela. Tanto o presidente, quanto Odorico Roman, vice-presidente de futebol tricolor, evitaram citar nomes a serem buscados no mercado – o segundo foi perguntado sobre o atacante Marinho, ex-Vitória e hoje na China.

Calçade avalia final do Mundial de Clubes, vê 'Real Madrid mediano' e destaca banco de reservas dos espanhóis

“Vamos nos reforçar, olhando para dentro de casa primeiro, vendo se já temos jogadores na base. Vamos, depois, complementar o plantel com aquilo que vai nos faltar. Vamos fazer o diagnóstico rapidamente. Temos um banco de dados muito bom”, disse Bolzan.

“O Marinho é um jogador que teve uma temporada boa, desperta algum interesse, mas não tivemos nenhum contato. Entendemos que tem algumas alternativas que podem ter um melhor custo-benefício”, afirmou, por sua vez, Roman, que fez a previsão de “mais títulos” para o Grêmio nos próximos anos.

Zé Roberto diz que Grêmio 'honrou a camisa', mas avalia dificudade de enfrentar o Real: 'Uma diferença muito grande'

“O Grêmio, eu digo isso para a torcida, está apenas entrando em um círculo virtuoso. O Grêmio está se preparando para, nos próximos anos, ter muitas conquistas. Podem ter certeza que nos próximos dois anos o Grêmio vai conquistar mais títulos”, encerrou.

Comentários

Renato, reforços e 'mais títulos': o que Grêmio espera de 2018 após vice no Mundial

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.