Rafael dos Anjos massacra ex-campeão e fica mais perto de segundo cinturão no UFC

ESPN.com.br
Getty
Rafael dos Anjos dá joelhada em Robbie Lawler no UFC no Canadá
Rafael dos Anjos dá joelhada em Robbie Lawler no UFC no Canadá

Rafael dos Anjos deu um passo gigantesco na caminhada para tentar ser campeão em uma segunda categoria do UFC. Neste sábado, o brasileiro enfrentou o ex-dono do cinturão dos meio-médios Robbie Lawler e passou pelo teste mais difícil que teve no novo peso, com vitória por decisão.

Ex-campeão dos leves, Dos Anjos tinha duas vitórias seguidas desde que estreou entre os meio-médios e embalou a terceira justo contra um ex-detentor do título, que já parece cada vez mais perto do brasileiro. O dono do cinturão é Tyron Woodley, que não tem luta marcada.


A situação de Dos Anjos fica ainda melhor pelo fato de a vitória ter vindo contra o número 2 da categoria no ranking oficial da categoria, enquanto o primeiro colocado da lista, Stephen Thompson, já teve duas chances de lutar pelo título contra Woodley – um empate e uma derrota.

O desempenho neste sábado também foi convincente. O brasileiro, até então quarto colocado no ranking do UFC, foi superior em todos os rounds contra Lawler, chegando, inclusive, a ficar perto do nocaute em diversos momentos, apesar das dificuldades impostas pelo rival.

No segundo e no quarto assaltos, Dos Anjos teve belas sequências de golpes sem qualquer resposta de Lawler, e o nocaute só não veio porque o norte-americano mostrou resistência de sobra. No fim, porém, não houve dúvidas da vitória por decisão unânime do brasileiro (triplo 50-45).

Rafael dos Anjos diz que merece chance de título no UFC e descarta oferta de campeão: 'Não quero o cinto da Gucci'

Além de Lawler, o lutador brasileiro já venceu Neil Magny e Tarec Saffiedine entre os meio-médios, ambos em combates em 2017. Antes disso, entre os leves, Dos Anjos amargou duas derrotas seguidas, primeiro para Eddie Alvarez, perdendo o cinturão, e em seguida para Tony Ferguson.

Lawler, por sua vez, perde pela primeira vez desde a derrota que lhe tirou o cinturão, no UFC 201, em julho de 2016. Desde então, havia lutado apenas contra Donald Cerrone, no último mês de julho, vencendo em decisão unânime.

Veja todos os resultados do UFC deste sábado:

CARD PRINCIPAL

Rafael dos Anjos venceu Robbie Lawler na decisão unânime dos jurados (triplo 50-45)
Josh Emmett venceu Ricardo Lamas por nocaute aos 4min33s do primeiro round
Santiago Ponzinibbio venceu Mike Perry na decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)
Glover Teixeira venceu Misha Cirkunov aos 2min45s do primeiro round

CARD PRELIMINAR
Jan Blachowicz venceu Jared Cannonier na decisão unânime dos jurados (triplo 29-28)
Julian Marques venceu Darren Stewart por finalização aos 2min14s do segundo round
Chad Laprise venceu Galore Bofando por nocaute técnico aos 4min10s do primeiro round
Nordine Taleb venceu Danny Roberts aos 59s do primeiro round
John Makdessi venceu Abel Trujillo na decisão unânime dos jurados (triplo 30-27)
Alessio Di Chirico venceu Oluwale Bambose por nocaute aos 2min14s do segundo round
Jordan Mein venceu Erick Silva na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-27 e 30-27)