‘PUBG’: Criador critica copiadores e pede proteção de propriedade intelectual para jogos

ESPN.com.br

Jogo tem feito sucesso e 'inspirado' outros jogos extremamente parecidos
Jogo tem feito sucesso e 'inspirado' outros jogos extremamente parecidos Divulgação/Bluehole Studio

O sucesso de PlayerUnknown’s Battlegrounds não trouxe apenas bons frutos para Brendan “PlayerUnknown” Greene, seu criador. O pioneiro criticou publicamente parte da indústria pelas semelhanças entre o jogo e outras franquias do gênero battle royale.

“Eu quero que os outros desenvolvedores coloquem o seu próprio elemento no gênero, não só peguem coisas do nosso jogo”, afirmou PlayerUnknown em entrevista ao Radio 1 Gaming Show, da BBC.

“Eu quero que esse gênero dos jogos cresça. Se forem só cópias daqui pra frente, o gênero não vai crescer e as pessoas ficarão entediadas”, cravou.

O irlandês continuou suas críticas e pediu a proteção intelectual para jogos - assim como acontece para outros mercados do entretenimento.

“Nos filmes e na música há proteção intelectual e você pode cuidar do seu trabalho. Nos jogos, isso ainda não existe e deveria ser uma coisa a se pensar”, afirmou PlayerUnknown.

“Alguns jogos incríveis ficam fora do radar. Vem alguém e pega a ideia, investe em marketing e o jogo se torna popular. Eles copiaram a ideia de alguém. Eu acho que isso é algo que a indústria deveria olhar”, completou.

“Você está, basicamente, protegendo o trabalho de um artista. Grande parte dos jogos são arte e eu acho que é importante eles serem protegidos”, finalizou o desenvolvedor.

Sucesso absoluto de público e com mais de 24 milhões de jogadores no PC, PUBG se tornou a grande referência do battle royale. O jogo chegou ao Xbox One na última semana.

Comentários

‘PUBG’: Criador critica copiadores e pede proteção de propriedade intelectual para jogos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.