Como ele deixou Edmundo enfurecido, e se arrependeu, e conseguiu evitar elástico de Romário com 'pé 43'

ESPN.com.br

Sandro Barbosa relembra de rivalidade com Edmundo e revela arrependimento em provocação por acidente

O ex-jogador Sandro Barbosa, que será o Bola da Vez Nordeste, nesta segunda-feira (18/12), às 21h (de Brasília), na ESPN Extra e WatchESPN, falou sobre as brigas que teve com Edmundo ao longo da carreira e os duelos com Romário.

A rivalidade com o "Animal" começou quando o defensor jogava pelo Santos no empate por 2 a 2 contra o Corinthians na Vila Belmiro, em jogo válido pelo Campeonato Paulista de 1996.

"Naquele jogo que Marcelinho Carioca fez o gol de placa contra o Santos, o Edmundo acabou expulso porque deu um tapa no meu rosto. Eu caí e ele foi expulso. Eu caí na besteira, fui infeliz demais na minha declaração, de tocar no assunto do acidente que aconteceu com ele. Eu era menino ainda e falei besteira e chamei do que não deveria chamar. Ali começou uma rivalidade muito grande", disse, em entrevista que contou com a apresentação de Léo Medrado e participações dos jornalistas Gil Luiz Mendes e Vladimir Bianchini.  ASSISTA TUDO NO VÍDEO ACIMA.


"Toda vez que jogava contra Edmundo era pau. Eu batia nele e ele batia em mim. Aquilo não fez bem para mim foi muito ruim para a minha carreira e vida pessoal. Eu me sentia mal depois com aquilo", lamentou. 

Após pendurar as chuteiras, o ex-zagueiro de clubes como Botafogo, Sport e Santa Cruz conseguiu fazer as pazes com o atacante.

"Me encontrei com ele depois no Showbol e conversamos. Até pedi desculpas pelo que tinha acontecido lá atras. Hoje vejo ele e converso normal. É um cara que tem um coração fantástico.  Jogando, é muito competitivo, assim como eu era também. Isso já passou", garantiu.

Outro astro que não sai da memória de Sandro é Romário. Nos tempos em que era defensor do Botafogo, ele teve a missão de parar o "Baixinho".

"Eu enfrentei o Romário mais em final de carreira, mas era imprevisível.  Teve um jogo no Maracanã que ele veio para cima de mim no primeiro tempo. Eu só pensava que ele daria um elástico em mim assim como deu no Amaral [no jogo Corinthians 3 x 0 Flamengo pelo Rio-São Paulo de 99]. Eu só via isso na minha cabeça. Eu dei espaço para ele,  que limpou e bateu, mas eu travei", contou.

"No segundo tempo ele veio para cima do mesmo jeitinho. Eu achei que ele repetiria a mesma jogada. Mas ele deu o elástico. Eu rodei, mas como meu pé é 43, pegou na pontinha e saiu (risos). Se eu calço 39 ou 40 eu tinha rodado igual ao Amaral".

Sandro ainda comparou o estilo de jogo entre o "Baixinho" e o "Animal" e disse qual dos dois era o mais difícil de anular.  

"O Romário era mais técnico e mais tranquilo de marcar porque estava no fim de carreira. Já o Edmundo era muito competitivo. Ele te dava cotovelada, empurrava, subia de cabeça, tinha drible, tinha velocidade e mais força do que o Romário. Mas são dois jogadores fantásticos", afirmou.

'Bola da Vez Nordeste' terá 12 programas em sua primeira temporada, com a versão inédita indo ao ar sempre às segundas-feiras em ESPN Extra e WatchESPNe tendo reprises programadas nos dias seguintes em ESPN Brasil e ESPN+

Não se esqueça e não perca: Bola da Vez Nordeste com Sandro Barbosa é às 21h (de Brasília) de terça para segunda-feira, na ESPN Extra e no WatchESPN.

Comentários

Como ele deixou Edmundo enfurecido, e se arrependeu, e conseguiu evitar elástico de Romário com 'pé 43'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.