Justiça americana investiga escolha do Rio como sede dos Jogos de 2016

EFE
Atletas durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio 2016
Atletas durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio 2016 Getty Images

As autoridades americanas estão investigando denúncias de corrupção no processo de escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos do ano passado, segundo informações divulgadas pelo periódico americano "The Wall Street Journal".

A investigação foi aberta no meio deste ano e vem sendo liderada pelo escritório do FBI em Nova York junto ao escritório do promotor federal do distrito leste da cidade americana, conforme informações fornecidas ao jornal por fontes da justiça.

No Brasil, já foi aberto inquérito, o que levou a prisão do então presidente do comitê olímpico do país (COB) Carlos Arthur Nuzman, acusado de participação em uma operação de compra de jurados para a escolha do Rio. Um mês antes, o Ministério Público já havia anunciado que trabalhava no caso junto com Antígua e Barbuda, França, Estados Unidos e Reino Unido.

Ainda segundo as fontes do Wall Street Journal, um grande júri federal do Brooklyn já está em busca de testemunhos e documentos relacionados

Outra das pessoas investigadas pelo caso é o empresário Arthur Soares, que tem residência em Key Biscayne (Flórida) e já foi interrogado pelas autoridades americanas a pedido do Ministério Público.

Mascotes das Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio são revelados; veja

O MP já pediu a detenção de Soares com fins de extradição, mas, por enquanto, a resposta do Departamento de Justiça dos EUA é que o pedido não oferece informações suficientes.

Comentários

Justiça americana investiga escolha do Rio como sede dos Jogos de 2016

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.