‘Não consigo me imaginar jogando League of Legends com mais ninguém além de Mithy’, diz Zven

Emily Rand/ESPN.com
Alfonso 'Mithy' Aguirre Rodriguez (direita) e Jesper 'Zven' Svenningsen, entraram para Team SoloMid na inter temporada de 2017
Alfonso 'Mithy' Aguirre Rodriguez (direita) e Jesper 'Zven' Svenningsen, entraram para Team SoloMid na inter temporada de 2017 Divulgação/Riot Games

O primeiro jogador a andar pelo palco da conferência de imprensa da Team SoloMid foi Alfonso "Mithy" Aguirre Rodríguez. Dentre todos os jogadores, o suporte espanhol de olhos arregalados é aquele com o maior sorriso no rosto. Ele quase pulou de alegria quando colocou a camisa da TSM.

Em menos de 24 horas, ele havia aterrissado em solo norte-americano. Um dia antes, seu companheiro na rota inferior, Jesper "Zven" Svenningsen, havia chegado. Uma semana antes, a TSM anunciou a aquisição da antiga dupla da G2 Esports. Rumores cercaram os dois jogadores no início da inter temporada, que aumentaram de maneira acelerada no período de contratação de agentes livres do novo sistema de franquia da LCS NA.

Mithy queria vir para a América do Norte e se juntar à TSM há anos. E ele não parou de sorrir durante toda a tarde da conferência.

"Honestamente, é incrível. É surreal para mim", disse ele. "Eu continuo dizendo isso, mas é verdade. É uma coisa que tenho desejado, um sonho. Eu me vejo com a camisa e acho estranho, mas não de uma forma ruim. Parece estranho de uma maneira boa, algo que precisarei de tempo para me acostumar".

Mithy e Zven passaram a maior parte dos últimos três anos como a melhor rota inferior da Europa, primeiro na Origen em 2015, e depois na G2 Esports, nas temporadas de 2016 e 2017. Juntos, participaram de todos os mundiais nesse período e ganharam três títulos da League Championship Series europeia.

Em toda inter temporada, Zven e Mithy comprometeram-se a ficar juntos. Suas personalidades semelhantes e o desejo mútuo pela vitória os impulsionaram a se tornar a melhor rota inferior da Europa (e no ocidente) desde que Zven se juntou a Origen como novato. Mithy foi seu primeiro parceiro suporte no cenário profissional e os dois formam a dupla desde então.

"Nós não queremos esconder nada um do outro", disse Mithy. "Somos bons em nossas posições e nos entendemos muito bem ao compartilhar feedback e como se comportar no jogo. Não é para fazer sentido. Não vejo ninguém melhor que ele para eu sacrificar minha experiência de jogar com essa pessoa".

Zven e Mithy estão em boa companhia. Outras rotas inferiores que decidiram permanecer juntas incluem Kim "PraY" Jong-in e Kang "GorillA" Beom-hyeon, da Longzhu Gaming, e Bae "Bang" Jun-sik e Lee "Wolf" Jae-wan, da SK Telecom T1. Essas composições estão no topo da Coreia do Sul nos últimos dois anos. Cada vez mais, as equipes sul-coreanas estão escolhendo ficar juntas e na mesma organização e/ou elenco.

No entanto, em um cenário em que a América do Norte e a Europa foram agitados nesta inter temporada graças ao sistema de franquias, Zven e Mithy são exceções. As duas duplas da parte inferior do mapa mais conhecidas, Trevor "Stixxay" Hayes e Zaqueri "Aphromoo", da Counter Logic Gaming, e Yiliang "Doublelift" Peng e Vincent "Biofrost" Wang, da TSM, dividiram a inter temporada. Zven atribuiu isso a ter encontrado o seu apoio ideal no início de sua carreira, sugerindo que talvez os caçadores ainda não conheceram seus melhores parceiros na rota inferior.

"Não consigo imaginar jogar com ninguém além de Mithy", disse Zven. "E não consigo ver o propósito de jogar com outra pessoa".

O desejo de continuar jogando juntos coincidiu com a procura de Andy "Reginald" Dinh, proprietário da TSM, pela "a melhor pista inferior ocidental".

"Ir ao mundial e perder foi tão desencorajador. Depois de um ano tão decepcionante, entrei na inter temporada com a expectativa de construir a melhor equipe possível no hemisfério ocidental", Reginald disse, sorrindo. "Praticamente consegui tudo isso só na inter temporada".

"Acho que nós dois sempre quisemos jogar na América do Norte, mas nunca sentimos como se pudéssemos nos juntar a uma equipe americana sem baixar nossos níveis de jogo", disse Zven.

Mithy sorriu em resposta.

"Estou falando sério", disse Zven.

Até chegar na TSM, eles não esperavam se juntar a uma equipe na LCS NA sem sacrificar algo de seu jogo. "Qualquer coisa além de ganhar é decepcionante para mim", disse Zven. "Não importa quando você joga, se é uma partida normal contra alguém no split da LCS, o final da LCS, o MSI ou mundial - perder é sempre decepcionante".

Comentários

‘Não consigo me imaginar jogando League of Legends com mais ninguém além de Mithy’, diz Zven

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.