Após jogar só 71 minutos em 2017, Lucas conversa com ex-companheiro de PSG e se anima com proposta da China

ESPN.com.br
Daniel Alves lamenta derrota do PSG: 'Foi um dia duro'

Lucas não vive bom momento no Paris Saint-Germain. Reserva absoluto da equipe francesa, o brasileiro já sabe que não faz mais parte dos planos do técnico Unai Emery e agora já até considera uma transferência para o futebol chinês.

Segundo informa o ESPNFC, o ex-são-paulino recebeu uma proposta do Beijing Guoan, time que ainda conta com os também "brazucas" Ralf e Renato Augusto e que terminou o último torneio nacional apenas na nona colocação, com 40 pontos ganhos.

A negociação pode se concretizar já em janeiro, quando inicia-se o "Chinesão" e abre-se a janela de transferências na Europa.

De acordo com a publicação, Lucas não queria trocar Paris por nenhum clube, uma vez que sua esposa estava grávida e ele desejava que seu filho nascesse na capital francesa.

Entretanto, o fato do atacante só ter entrado em apenas cinco jogos na temporada, totalizando míseros 71 minutos em campo, fez o jogador, em princípio, mudar de ideia sobre uma mudança de ares. Uma conversa que teve com o argentino Ezequiel Lavezzi, seu ex-companheiro de PSG e que atualmente joga pelo Hebei Fortune, também ajudaria em uma potencial ida ao futebol asiático.

Recentemente, o site francês Goal cravou que Lucas já teria um acordo firmado com o Beijing Guoan, mas, ao Le Parisien, Cristian Torelli, reprsentante do jogador, negou a informação.

Truco! Neymar, Lucas e companheiros do PSG se divertem com jogos e momento família

Li Ming, diretor da equipe chinesa, viajou à Europa nos últimos dias em busca de uma contratação bombástica para janeiro. Entretanto, outra possibilidade a Lucas seria a permanência no Velho Continente, uma vez que o Chelsea teria o desejo pela sua contratação.

Ao PSG, vender o brasileiro seria um alívio nos cofres após a compra de Neymar junto ao Barcelona, por 222 milhões de euros. O clube, agora, precisa se adequar às regras de fair play financeiro da Fifa. Outros atletas que podem sair da agremiação parisiense são Ángel Di María, Kevin Trapp, Javier Pastore e Hatem Ben Arfa.

Comentários

Após jogar só 71 minutos em 2017, Lucas conversa com ex-companheiro de PSG e se anima com proposta da China

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.