'Counter-Strike': SK vence só uma e LG mostra CT vulnerável na abertura da Pro League

ESPN.com.br

ESL
coldzera e companhia venceram só um dos dois jogos
coldzera e companhia venceram só um dos dois jogos

O primeiro dia das finais da ESL Pro League não foi de resultados mistos para os brasileiros. Favorita, a SK Gaming venceu só um de seus dois confrontos. A Luminosity Gaming por sua vez, mostrou um lado ofensivo imponente, mas sofreu quando atuou como CT em seus três jogos.


Gabriel "FalleN" Toledo e companhia venceram a North por 16-7 na Overpass e caíram diante da OpTiC Gaming na Mirage por 14-16. 

A LG, por sua vez, contou com grandes atuações de Gustavo "yeL" Knittel e Marcelo "chelo" Cespedes para vencer a HellRaisers por 25-23 na Mirage, mas acabou caindo por 11-16 na Astralis na Train e 13-16 para a Fnatic na Cobblestone.

Para conseguir a classificação, a LG precisa de duas vitórias e mais uma combinação de resultados nesta quarta-feira (6). A equipe enfrenta FaZe Clan às 10h15 e Team Liquid, às 11h30.

Mais tranquila e dependendo só de si, a SK encara Ninjas in Pyjamas às 13h15, NRG e-Sports às 14h30 e Misfits às 15h45.

Luminosity estreia com vitória, mas cai na sequência

No primeiro jogo dos brasileiros no dia, a Luminosity sofreu para vencer a HellRaisers. Na Cache, os brasileiros mostraram um grande lado terrorista e abriram 12-3 na primeira etapa.

O sucesso no lado CT, porém, não foi nem de longe o mesmo. A LG sofreu o empate e precisou de atuações incríveis de chelo e yeL para conseguir vencer a partida na terceira prorrogação por 25-23.

Na sequência, os brasileiros tiveram mais uma demonstração ofensiva forte. Na Train contra a Astralis, chelo mais uma vez liderou a equipe como terrorista, fazendo 9-6 no placar. O lado defensivo, porém, não encaixou mais uma vez e o jogo terminou em 16-11 para os dinamarqueses.

Contra a Fnatic, o filme foi o mesmo. chelo e seus companheiros levaram a melhor como terroristas na Cobblestone por 9-6, mas acabaram tomando a virada na segunda etapa por 16-13.

Em seu primeiro jogo, a SK não teve dificuldades para vencer a North. Na Overpass, os brasileiros abriram 9-6 no lado terrorista e tiveram um ritmo ainda mais imponente no lado CT, perdendo apenas um round e fechando o jogo em 16-7.

Na Mirage, SK e OpTiC fizeram um jogo de tirar o fôlego. Começando como terrorista, Gabriel "FalleN" Toledo e seus companheiros levaram a melhor na primeira etapa por 9-6. Na segunda metade, porém, foi puro equilíbrio. Com trocas constantes nos rounds, nenhuma das equipes conseguiu abrir uma vantagem significativa. Vencendo os rounds chave, a OG conseguiu a vitória por 16-14.