Rodriguinho desfalca o Corinthians em despedida contra o Sport

Agência Gazeta Press
Rodriguinho será desfalque no domingo
Rodriguinho será desfalque no domingo Gazeta Press

Em sua última participação no Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta o ameaçado Sport às 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Estádio da Ilha do Retiro. O meia Rodriguinho, poupado pela comissão técnica de Fabio Carille, é desfalque certo.

“Eu estou com algumas dores. Como joguei muito nesse ano, a comissão preferiu me dar um descanso. Mas os jogadores que entrarem vão fazer o melhor possível para que também possam demonstrar o seu trabalho e trazer um bom resultado”, disse Rodriguinho à ESPN Brasil.


Com o título garantido de forma antecipada, outros jogadores devem ficar fora do confronto com o Sport, como o zagueiro Balbuena e o meia Jadson. Até o centroavante Jô, ainda na briga pela artilharia do campeonato, não tem presença garantida. Rodriguinho, praticamente de férias, faz um balanço positivo da temporada.

“Foi incrível ganhar dois títulos em um ano que começou difícil e com pouca credibilidade. Depois, a equipe demonstrou que o trabalho era sério. fomos corados com o título paulista e fechamos com chave de ouro com o brasileiro. Está todo mundo muito feliz pelo que foi feito nesse ano”, afirmou o meia, com os pés no chão.

Danilo fala sobre possível retorno contra o Sport, mas já pensa em 2018: 'Vou continuar me preparando para voltar ano que vem'

“Da mesma forma que a gente não se via como a quarta força nem nos deixamos abalar por isso, nesse momento em que estamos em alta não podemos nos empolgar. Temos que manter a mesma forma de trabalhar, com a seriedade de sempre, para que as coisas também possam ser muito boas em 2018”, declarou.

Um dos principais jogadores da campanha bem-sucedida alcançada pelo Corinthians em 2017, Rodriguinho chegou a ser convocado pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira. No final da temporada, ele ainda alimenta o desejo de participar da Copa do Mundo de 2018.

“O sonho nunca pode morrer. É difícil, a concorrência é muito grande. Há um grupo muito fechado, com grandes jogadores, que estão muito bem nos seus clubes. O que resta fazer é continuar tentando manter o futebol de alto nível para que possamos ser lembrados, se formos merecedores”, afirmou Rodriguinho.

Comentários

Rodriguinho desfalca o Corinthians em despedida contra o Sport

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.