Delegada aponta indícios de fraude em eleição do Vasco; Justiça nomeia perito

ESPN.com.br

Eurico Miranda em eleição do Vasco
Eurico Miranda em eleição do Vasco Jotta de Mattos/Photopress/Gazeta Press

A Polícia Civil do Rio de Janeiro apontou indícios de fraude na eleição do Vasco da Gama, em entrevista da delegada Patrícia Aguiar.

"Estamos iniciando a investigação para saber se houve fraude. Existem indícios de que ela tenha ocorrido, baseado nas informações que nós tivemos, de que pessoas teriam votado com duplicidade de CPF, não pagavam...", apontou a delegada.

Já a juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves emitiu decisão nesta terça em que nomeou um perito para analisar a documentação enviada pelo Vasco da Gama.

Zé Ricardo elogia Martín Silva e mira Libertadores: 'Trabalho mental na próxima semana será importantíssimo'

Confira, abaixo, a decisão na íntegra:

"Tendo sido determinada a realização de perícia técnica em caráter de urgência, bem como o exíguo prazo para a conclusão do pleito eleitoral, previsto para 15 de janeiro de 2018, estando o processo em fase inicial, determino, em cumprimento à determinação da Exma. Desembargadora Relatora:
 1.Nomeio como perito judicial contábil Dr. Luiz Alberto de Azevedo Leite, de telefone conhecido do cartório, para realização de prova técnica simplificada, na forma do artigo 464, §3º do CPC, para atendimento da Decisão da Exma. Desembargadora Relatora. Anote-se;  2.Fixo honorários periciais o valor correspondente a R$20.000,00(vinte mil reais), a ser pago pela parte autora no prazo de 24 horas, a contar da publicação, na forma do artigo 95 do CPC;
 3.Como se trata de perícia simplificada, o Dr. Perito deverá examinar a documentação juntada pelo Clube de Regatas Vasco da Gama no processo 0280264-22.2017.8.19.0001 às fls. 1476/ 2039; 2040/2075, bem como o caderno de votação a ser anexado até 30/11/2017, de molde a verificar a validade e/ou regularidade daqueles sócios (691) que ingressaram nos quadros sociais do clube em novembro e dezembro de 2015;
 4. O laudo simplificado deverá ser apresentado até 11/12/2017 e dispenso os quesitos, já que eventual perícia somente poderá ser realizada na fase oportuna, após o aditamento e apresentação de defesa;
 Ao autor sobre fls. 602/ 789 no prazo de cinco dias".

Entenda o caso:

Com os votos da urna 7, sub júdice, Eurico venceu as eleições vascaínas, com 2111 votos, contra 1975 de Julio Brant. Sem a preferência dos eleitores sob suspeita, porém, o opositor teria levado a melhor, por 1935 a 1683. O resultado final das eleições do Vasco está nas mãos da Justiça do Rio de Janeiro.

Comentários

Delegada aponta indícios de fraude em eleição do Vasco; Justiça nomeia perito

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.