Clubes brasileiros passam a ter escalações genéricas após atualização de PES 2018

ESPN.com.br
Vasco da Gama (que tem um acordo de exclusividade) e São Paulo foram afetados pela perda de licença.
Vasco da Gama (que tem um acordo de exclusividade) e São Paulo foram afetados pela perda de licença. Reprodução/Konami

Pro Evolution Soccer 2018 recebeu uma grande atualização de conteúdo no último dia 16 de novembro, o Data Pack 2.0. Faces de jogadores, estádios e uniformes foram algumas das novidades trazidas pela Konami ao seu jogo de futebol. No entanto, equipes brasileiras passaram a ter escalações genéricas por perda de licença de uso.

Os clubes afetados foram São Paulo, Vasco da Gama, Fluminense e Avaí, que perderam seus elencos referentes à temporada de 2017 para atletas que só existem no jogo.

No anúncio oficial da atualização, está “surpresa” para os jogadores de PES é anunciada apenas como a “perda de direito de uso sobre alguns times brasileiros”. A Konami pediu desculpas pela alteração.

Curiosamente, o Vasco da Gama está entre os times que passaram a ter escalações genéricas, uma vez que o time carioca tinha um acordo de exclusividade com a Konami para aparecer somente em Pro Evolution Soccer, com direito a inclusão do estádio de São Januário (que permanece no game).

Comentários

Clubes brasileiros passam a ter escalações genéricas após atualização de PES 2018

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.