Pesadelo do Atlético de Madri: cair fora da Champions significa perder um quarto do que arrecada

ESPN.com.br
Atletico de Madri não faz uma boa Champions League
Atletico de Madri não faz uma boa Champions League EFE/Ballesteros

O Atlético de Madri recebe a Roma nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), para continuar sonhando com uma vaga nas oitavas de final da Uefa Champions, algo que tornou-se dificílimo devido ao começo fraco da equipe. em quatro jogo, foram três empates e uma derrota, sendo que os colchoneros não conseguiram bater o modesto Qarabag, do Azerbaijão – foram duas igualdades nos embates dentro e fora de casa. 

Apesar da dificuldade da chave, que conta ainda com o Chelsea, uma queda neste estágio não deixaria de ser uma frustração enorme para o Atlético. Afinal, trata-se de um time que foi vice-campeão duas vezes nas últimas três edições do torneio, em 2013-14 e 2015-16. 


Os espanhóis estiveram de forma ininterrupta na competição nos últimos quatro anos. Nos dois anos em que não chegou à decisão, foi longe também, caindo apenas nas quartas. 

Além disso, a eliminação precoce ainda representaria um baque financeiro ao clube. Nada menos que um quarto da receita dos madrilenhos nos últimos quatro anos se deu por sua participação na Champions. 

O clube faturou 50 milhões de euros em 2013-14, 43,723 milhões em 2014-15, 47,5 milhões em 2015-16 e 60,6 milhões em 2016-17, totalizando 201,8 milhões. Neste mesmo período, os colchoneros tiveram uma receita de 857 milhões. Ou seja, 24% desta quantia saiu da participação na Champions, isso sem mencionar o montante que faturou com bilheteria em partidas da competição europeia. 

Vale mencionar ainda que o clube - que estreia o Wanda Metropolitano, seu novo estádio, nesta temporada - tem a meta de arrecadar 343 milhões de euros em 2017-18. Uma queda antes do mata-mata da Champions comprometeria bastante tal plano. 

E olha que há o risco de sequer terminar na terceira posição do grupo, o que lhe permitira disputar a sequência da Liga Europa. Os madrilenhos, que possuem só um ponto a mais do que o lanterna Qarabag, ainda terão uma pedreira na última rodada: visitam o Chelsea em Londres. 

De acordo com o Soccer Power Index, (entenda como funciona abaixo), da ESPN, a chance de o time avançar às oitavas de final é de apenas 5%. Porém, a possibilidade de terminar no terceiro lugar da chave é de 88%.

Além da campanha ruim na Champions, o time de Diego Simeone também não brilha no Espanhol, no qual ocupa a quarta colocação com 24 pontos, dez a menos do que o líder Barcelona. 

  • Entendendo o Soccer Power Index

O Soccer Power Index (SPI) é um índice criado pela ESPN em 2009, com a proposta de analisar o futebol unindo perspectivas objetivas e subjetivas. Atualmente, a ferramenta tem ranking de 24 ligas nacionais de futebol, incluindo a Série A do Brasileiro, e ainda acompanhará a Champions League e a Liga Europa.

A metodologia dos números usa quatro fatores básicos a cada partida – que envolvem os gols marcados e finalizações – para avaliar as performances dos times, criando medições ofensivas e defensivas. Esses índices, então, permitem o cálculo das probabilidades de vitória, empate ou derrota em cada jogo.

Com essas projeções, a ferramenta simula as possibilidades para os duelos futuros e, seguidamente, a temporada milhares de vezes para determinar as chances de cada time ser campeão – ou rebaixado.

Comentários

Pesadelo do Atlético de Madri: cair fora da Champions significa perder um quarto do que arrecada

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.