Palmeiras, que deu só 116 minutos para base no Brasileiro, pode ser 1º campeão do sub-11 ao sub-20

Thiago Cara, do ESPN.com.br
Jovens do Palmeiras comemoram vitória sobre o Corinthians no Paulista sub-20
Jovens do Palmeiras comemoram vitória sobre o Corinthians no Paulista sub-20 Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação


Se deve terminar o ano de 2017 sem nenhum título com seu time principal, apesar de todos os investimentos, o Palmeiras tem a chance de fechar uma temporada quase perfeita com suas categorias de base, com títulos estaduais em todos os níveis das divisões inferiores, do sub-11 ao sub-20.

O clube já garantiu quatro decisões, nos Campeonatos Paulista sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17, e está muito perto de disputar o título também no sub-20, após ter vencido a primeira partida da semifinal contra o Novorizontino por 2 a 0 – o duelo será decidido na próxima sexta-feira, às 18h (de Brasília).

O feito que pode ser conseguido pela base alviverde é inédito nos principais centros do futebol brasileiro, já que poucos estados têm tantas competições oficiais para as idades menores.

Em São Paulo, o próprio Palmeiras foi quem já chegou mais perto disso desde 2008, quando teve início o Paulista sub-11, mas com apenas três títulos – os três das disputas para atletas mais novos, em 2016.

Curiosamente, contudo, em 2017, o Palmeiras pouco deu espaço para jogadores de sua base no Brasileiro. Em 34 jogos até aqui, foram apenas 116 minutos – contando acréscimos – para  atletas revelados no clube, divididos em apenas três jovens: Matheus Iacovelli, Gabriel Furtado e Fernando.

Quem mais jogou foi o atacante Fernando, de 18 anos, que atuou 50 minutos no segundo tempo da derrota para o Vitória na 33ª rodada. Em seguida, o volante Gabriel Furtado, 17, atuou 47 minutos na primeira etapa de partida contra a Ponte Preta, na décima rodada, tendo sido escalado como titular.

Eduardo de Meneses dá detalhes do acerto entre Diogo Barbosa e Palmeiras; veja


Já Iacovelli completa a lista com 19 minutos em campo, em jogo contra a Chapecoense na segunda rodada. Hoje, inclusive, o atacante de 19 anos sequer faz mais parte do elenco palmeirense, tendo se transferido para o Estoril e hoje está emprestado para o Real Massamá, da segunda divisão portuguesa.

Para ficar com todos os títulos de base em São Paulo, contudo, o Palmeiras terá que superar seus principais rivais. No sub-11, o rival na decisão será o Santos; no sub-13, o Corinthians; e, no sub-15, o São Paulo. Já no sub-17, a adversária será a Ponte Preta - que também é semifinalista no sub-20.

Quem manda no Palmeiras? Bertozzi debate poder da diretoria, da patrocinadora e das torcidas organizadas


Vale dizer, porém, que clássicos decisivos não foram um problema para os jovens alviverde, já que o sub-11 e o sub-20 eliminaram o Corinthians no mata-mata; e o sub-13 e o sub-17, o São Paulo.

Além da possibilidade de conquistas estaduais, o Palmeiras também está na semifinal da Copa do Brasil sub-17 e muito perto da decisão, depois de ter vencido a ida contra o Flamengo por 4 a 1. O jogo de volta é nesta quinta-feira, com transmissão da ESPN Brasil e do WatchESPN, às 15h50 (de Brasília).

 

Assista aos melhores momentos da vitória do Palmeiras sobre o Flamengo por 4 a 1!

No torneio nacional, a final também será um clássico regional, já que o Corinthians levou a melhor na outra semifinal, contra a Chapecoense, com vitórias por 1 a 0 nos jogos de ida e volta - no Paulista da categoria, o time alvinegro caiu na semi, diante da Ponte.

Comentários

Palmeiras, que deu só 116 minutos para base no Brasileiro, pode ser 1º campeão do sub-11 ao sub-20

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.