Com brTT e sirT, Flamengo está prestes a fechar sua equipe de 'League of Legends'

Daniela Rigon e Rodrigo Guerra/ESPN.com.br

Riot Games
brTT será atirador da equipe de League of Legends do Flamengo eSports
brTT será atirador da equipe de League of Legends do Flamengo eSports

Após semanas de especulações e negociações, o Flamengo eSports está prestes a fechar sua equipe de League of Legends. Conforme apuração do ESPN Esports Brasil e do site MyCNB, o Rubro-Negro está finalizando a transferência de jogadores para formar a seguinte escalação:

Leonardo "Robo" Souza (Topo)
Thúlio "SirT" Carlos (Caçador)
Danniel "Evrot" Franco (Meio)
Felipe "brTT" Gonçalves (Atirador)
Eidi "esA" Yanagimachi (Suporte)

O plano inicial do Flamengo era reunir a escalação campeã pela paiN Gaming em 2015, e o time foi inclusive acusado de uma tentativa de aliciamento de Gabriel "Kami" Santos. Entretanto, a ideia não funcionou por motivos como o anúncio da pausa de Matheus "Mylon" Borges e a preferência de Hugo "Dioud" Padioleau em permanecer na Red Canids.

A negociação de brTT e Robo já havia sido apurada pelo ESPN Esports Brasil em outubro. Já a transferência de sirT e esA foram iniciadas recentemente com suas antigas organizações, a Big Gods e a Vivo Keyd. Evrot, por sua vez, havia anunciado estar "free agent" em agosto, quando revelou sua saída da Brave e-Sports.  O jogador declarou para a reportagem da ESPN que continua aberto para propostas. O comando da equipe, que disputará a Primeira Etapa do Circuito Desafiante, ficará a cargo de Gabriel "Mit" Souza, ex-técnico da paiN Gaming.

Ainda na tarde dessa segunda (5), o Flamengo eSports revelou em suas redes sociais que planeja revelar novidades sobre seu time nesta semana, o que sinaliza que os jogadores já estão com os papéis de seus contratos em mãos para assinar e oficializar sua ida para o clube.

A reportagem apurou também que o gaming office do Flamengo ficará situado em São Paulo, apesar do clube ser carioca. A ideia é que o rubro-negro já estabeleça sua equipe na capital paulistana onde são transmitidas as partidas do CBLoL. De acordo com as informações levantadas, o clube estaria visando a segunda etapa do CBLoL 2018 e impedir uma mudança brusca em sua estrutura caso consigam uma vaga no campeonato.

Futebol no esport

O Flamengo não é o primeiro clube de futebol brasileiro a investir no esporte eletrônico. Em 2015, o Santos deu o pontapé inicial na ideia e fez uma parceria com a Dexterity, que permanece ativa até hoje. O Clube do Remo também investiu no League of Legends com a Remo Brave, que disputou o CBLoL em 2016, mas já encerrou a parceria. Outro exemplo são times como Goiás e o Atlético Paranaense, que possuem jogadores de FIFA, além do Corinthians, que decidiu investir pesado e se uniu à Red Canids que irá representar o clube paulista em diversos esports.