Marquinhos comenta recepção a Neymar em Paris: 'Ninguém é unânime'

Gazeta Press

Marquinhos (centro), durante treino da seleção brasileira nesta terça-feira
Marquinhos (centro), durante treino da seleção brasileira nesta terça-feira Pedro Martins/MoWA Press

O zagueiro Marquinhos, assim como todos os jogadores do Paris Saint-Germain, ganhou um reforço de peso no começo da temporada. Na contratação mais cara da história do futebol, o atacante Neymar chegou ao futebol francês e, apesar de contabilizar bons números, passou a dividir opiniões na Cidade Luz. Sobre as críticas e os rumores direcionados ao companheiro de clube e de seleção brasileira, Marquinhos fez questão de elogiar a qualidade do camisa 10.

Em coletiva de imprensa concedida após o treino do Brasil desta terça-feira, no estádio Parque dos Príncipes, casa do PSG, o defensor se disse impressionado com a forma com que Neymar chegou à equipe parisiense. Marquinhos ainda minimizou as críticas e ressaltou que nenhum jogador é capaz de agradar a todos.


“Pelo que ele vem fazendo dentro de campo, quem acha que ele não é o esperado está vendo um outro futebol. O Neymar é um jogador diferente, é uma estrela, é realmente um alvo de todos os outros jogadores, da imprensa, de torcedores. Assim como outros grandes jogadores não são unânimes, o Neymar também não é. Vai ter quem gosta e quem não gosta”, declarou Marquinhos.

Logo que chegou ao time da capital francesa, Neymar acumulou, além de gols (11 em 12 partidas), alguns momentos não tão agradáveis. Em um dos primeiros jogos do Campeonato Francês, no dia 17 de setembro, contra o Lyon, o atacante se desentendeu com o uruguaio Edinson Cavani, ao disputar quem seria o responsável pelas cobranças de bola parada. O caso virou assunto da semana em toda a mídia mundial, mas foi prontamente minimizado pelos jogadores sul-americanos.

Em seguida, o camisa 10 foi expulso no clássico contra o Olympique de Marselha, no dia 22 de outubro. O episódio rendeu as principais críticas ao ex-santista, tanto por conta da atuação dele quanto por conta de seu temperamento. Já nas últimas semanas, foi noticiado que o principal astro brasileiro da atualidade estaria insatisfeito com o técnico Unai Emery. Os jornais da Europa chegaram a apontar, inclusive, que Neymar não havia se adaptado ao clima de Paris e que estaria com saudades de Barcelona, o que foi desmentido por Marquinhos.

Em casa! Seleção treina no estádio do PSG e Neymar mostra toda a intimidade com a bola

“O importante é ter a personalidade que ele tem, sempre buscando ser importante para o time e para a seleção. Buscamos o ajudar na sua adaptação. Creio que já está adaptado ao time, ao sistema, à cidade. Veio a Paris para somar, ajudar e buscar títulos. Um jogador de muita importância. Assim como eu e o Alisson, ninguém é unânime, principalmente esses grandes jogadores, essas grandes estrelas”, afirmou o zagueiro.

Alisson exalta ambiente da seleção e elogia ações de Tite; Marquinhos: 'O importante é crescer como time'

Marquinhos e Neymar, além de Thiago Silva e Daniel Alves, outros nomes do PSG, integram a lista de convocados para os dois últimos compromissos da seleção no ano. Nesta sexta-feira, às 10h (de Brasília), a equipe verde e amarela encara o Japão, no estádio Pierre-Mauroy, em Lille. Já na próxima terça-feira, enfrenta a Inglaterra, às 18h, no estádio de Wembley, em Londres.

Comentários

Marquinhos comenta recepção a Neymar em Paris: 'Ninguém é unânime'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.