Barça empata sem gols com Olympiacos em dia de homenagens para Valverde

ESPN.com.br
Messi observa Sergi Roberto caído em duelo contra o Olympiacos
Messi observa Sergi Roberto caído em duelo contra o Olympiacos GettyImages

O confronto com o Barcelona nesta terça-feira foi especial para muitos torcedores do Olympiacos. Nem tanto pelo forte adversário, afinal as equipes ficaram no 0 a 0, mas pela presença do técnico Ernesto Valverde. Tricampeão Nacional pelo time rubro, ele reencontrou os fanáticos torcedores gregos pela primeira vez desde sua saída. Recebeu uma coroa de louros no centro do gramado do estádio Karaiskakis, em Pireus, recebendo aplausos do público.


Pode se dizer que o momento acima foi o mais emocionante da partida entre as equipes, que empataram sem gols pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Resultado manteve a situação na chave D indefinida.


O Barcelona continua na liderança e virtualmente classificado, com 10 pontos. A Juventus tem sete porque venceu o Sporting, que ficou com quatro. O Olympiacos é o lanterna com um ponto, mas matematicamente ainda tem chance de se classificar.

  • Pressão catalã

Os poucos lances de perigo foram criados, é claro, pelo Barcelona. Mas o time catalão, que faz campanha incrível no Campeonato Espanhol, demorou para engrenar.

Foi somente aos 19 minutos do primeiro tempo que criou verdadeiramente um lance de perigo. Após cobrança de escanteio de Denis Suárez, Messi finalizou de primeira. Para dificultar ainda mais o lance, a bola bateu em Luis Suárez. O goleiro Proto fez uma defesa bem difícil.

Aos 21, Suárez invadiu a área com a bola dominada e chutou com muita força, mas estufou as redes pelo lado de fora.

A resposta do Olympiacos demorou. Foi aos 30, quando Fortounis finalizou de primeira e exigiu bom reflexo de Ter Stegen.

  • Clima quente

Com pouca emoção em relação a gols, o público acabou se agitando com um princípio de briga. Isso foi aos 35 minutos do primeiro tempo. 

O volante Tachtsidis fez uma falta dura em Messi e acabou irritando Suárez, que correu em direção ao jogador do Olympiacos para tirar satisfações. Houve um princípio de empurra-empurra, mas que não terminou com consequências graves. O jogador do time da casa foi punido com cartão amarelo.

  • Barça martela
Confira os resultados da terça-feira de jogos da Champions League

O primeiro lance de perigo foi do Olympiacos. Os donos da casa chegaram perto de marcar com uma bela cobrança de falta de Fourtounis, o que obrigou Ter Stegen a se esticar todo para fazer a defesa.

Aos 18, Messi perdeu a chance do jogo. A bola foi rolada para ele por Suárez. O argentino já estava dentro da área, mas errou de maneira bizonha a finalização. Recebeu até vaias da torcida do Olympiacos - como provocação, é claro.

Demorou para o time catalão chegar novamente com força. Foi só aos 34, quando Suárez fez uma bela jogada individual e, ao invadir a área, tocou a bola por cima do goleiro do Olympiacos para marcar por cobertura, mas acertou o travessão.

Aos 45, ficou claro que a bola não ia entrar nesta terça. Em finalização de Messi de fora da área, Proto fez uma defesa milagrosa. Era dia de zero a zero.

Comentários

Barça empata sem gols com Olympiacos em dia de homenagens para Valverde

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.