Deschamps renova até 2020 e pode se tornar técnico mais longevo da seleção francesa em três décadas

ESPN.com.br
Didier Deschamps em entrevista coletiva na seleção brasileira
Didier Deschamps em entrevista coletiva na seleção brasileira LIONEL BONAVENTURE/AFP/Getty Images

A Federação Francesa de Futebol (FFF) anunciou nesta terça-feira a renovação de contrato de Didier Deschamps como técnico da seleção bleu até 2020.

Atual vice-campeão europeu, o ex-capitão está desde 2012 no comando da França após assumir no lugar de Laurent Blanc.

Marra analisa os possíveis candidatos ao título da Copa do Mundo, mas aponta seleção favorita

Neste período, chegou às quartas de final da Copa do Mundo de 2014 - perdeu da Alemanha por 1 a 0 - e classificou a seleção para o evento na Rússia no próximo ano com a liderança do grupo A.

Apesar disso, o trabalho de Deschamps recebe críticas no país por não conseguir tirar o melhor da elogiada atual geração francesa.

Nos números, a França sob o comando do ex-meio-campista tem 40 vitórias, 11 empates e 13 derrotas, com 62,5% de aproveitamento.

Trio favorito e quarta força: Juca diz quais seleções vão brigar pelo título mundial na Rússia

Caso chegue até o final deste contrato, ele se tornará o técnico mais longevo da seleção francesa desde Michel Hidalgo, o primeiro campeão europeu com os Bleus que ficou no comando de 1976 a 1984.

Comentários

Deschamps renova até 2020 e pode se tornar técnico mais longevo da seleção francesa em três décadas

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.