Visto negado tira quatro jogadores da seleção chinesa de 'Overwatch'

ESPN.com.br
O Overwatch World Cup será realizado em novembro, em Anaheim, EUA.
O Overwatch World Cup será realizado em novembro, em Anaheim, EUA. Divulgação/Blizzard

Quatro dos seis jogadores que formam a equipe chinesa de Overwatch tiveram seus vistos de entrada negados pelos Estados Unidos. A equipe, que estará no Overwatch World Cup em novembro, teve que fazer substituições de última hora com atletas da LGD Gaming, Miracle Team One e Oh My God.

O mesmo problema ocorreu com o jogador russo Denis "Tonic" Rulyov no início de outubro, que também não pode entrar nos EUA e perdeu a oportunidade de participar junto com seu time da fase final do Overwatch Contenders Season 1. Na oportunidade, o caso foi interpretado como uma retaliação com o corte de pessoal feito na embaixada norte-americana em Moscou.

O visto é um grande obstáculo para Blizzard, já que sua liga de Overwatch está prestes a começar e a primeira temporada reunirá todos os times em Los Angeles. A partir da segunda temporada, o plano é que os times joguem a partir de suas cidades, como Londres e Shangai.

O mundo dos esports em geral também tem sofrido com negação de vistos de entrada. Brasileiros, por exemplo, não participaram de torneios importantes de FIFA e Counter-Strike neste ano por não conseguirem autorização de entrada em países como os EUA, que tem aumentando a rigidez no acesso de estrangeiros em seu território.

O Overwatch World Cup acontece entre os dias 3 e 4 de novembro, no estado da Califórnia, EUA.

Comentários

Visto negado tira quatro jogadores da seleção chinesa de 'Overwatch'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.