Ele foi dispensado do Chelsea por ser 'baixinho'; agora virou herói do Arsenal

ESPN.com.br
Eddie Nketiah aplaude os torcedores do Arsenal após estreia fulminante no time principal
Eddie Nketiah aplaude os torcedores do Arsenal após estreia fulminante no time principal Getty

Eddie Nketiah teve uma estreia pra lá de excepcional com a camisa do Arsenal em casa na última terça-feira: ele entrou aos 40 minutos do segundo tempo da partida contra o Norwich pela Copa da Liga inglesa, no Emirates Stadium, e em seu primeiro toque na bola empatou o difícil duelo.

Na prorrogação, aos 6 minutos, virou o placar de cabeça apesar de seus 1,75m e garantiu a classificação gunner à próxima fase.

E foi exatamente essa "questão de altura" que o fez ser dispensado por um dos rivais do Arsenal: o Chelsea.

Após virar o jogo para o Arsenal, joia ganha piada e elogios de Wenger: 'Estamos orgulhosos'

Hoje com 18 anos, Eddie Nketiah atuou na base dos Blues até a categoria sub-14, quando teve cortada sua relação. Segundo o Guardian, "a sensação geral" era de que o atacante "era muito pequeno, e existiam dúvidas se ele se desenvolveria o bastante fisicamente".

Além disso, Tammy Abraham era o jogador que mais impressionava nas categorias menores do Chelsea, tanto na habilidade quanto no físico (hoje tem 1,90m).

Então chefe do recrutamento de jovens do Arsenal, Bob Arber perguntou ao meia Joe Willock quem era o tal atacante chamado Eddie que havia sido dispensado pelo rival. Ao saber que era Nketiah, o dirigente exclamou: "Ele foi dispensado? Ele é demais! Toda vez que joga contra nós, ele marca".

O jogador, pouco depois, recebeu um convite para conhecer as instalações do Arsenal e disputar uma partida. Ele não perdeu a chance e balançou as redes.

Assista aos melhores momentos de Arsenal 2 x 1 Norwich

A partir daí, sua história mudou do azul do Chelsea para o vermelho gunner, e suas atuações impressionam a todos: entre o sub-18 e o sub-23, Eddie Nketiah tem 48 gols em 63 jogos; pelas seleções de base da Inglaterra, são sete gols em quatro partidas).

"Ele é uma máquina de gols", definiu David Court, desenvolvedor de jovens talentos no Arsenal". "E a beleza é que ele pode marcar com os dois pés e sua cabeça, mas ele também tem ótimo movimento. Você vê outras coisas em seu jogo".

Já Liam Brady, outro ex-olheiro do Arsenal, afirmou: "Você pode dizer por aí que ele é um jogador muito inteligente, mas fisicamente estava atrás de garotos de sua idade. Mas a outra coisa que se destacou era que ele quase sempre fazia gols".

Olivier Giroud leva o Prêmio Puskás de melhor gol da Fifa

Após sua estreia fulminante em casa no time principal, o atacante recebeu elogios de Arsène Wenger, foi ovacionado pelos 60 mil torcedores presentes no Emirates Stadium e ganhou até mensagens do ídolo Thierry Henry.

Comentários

Ele foi dispensado do Chelsea por ser 'baixinho'; agora virou herói do Arsenal

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.