Como funciona e o que decide: tudo sobre a arbitragem eletrônica, que pode definir vida do Grêmio na Libertadores

ESPN.com.br
Divulgação
Árbitro de vídeo estreará nas semifinais da Copa Libertadores
Árbitro de vídeo estreará nas semifinais da Copa Libertadores

Quando o Grêmio entrar em campo nesta quarta-feira, na partida de ida das semifinais da Copa Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, será o primeiro clube brasileiro a testar a utilização do árbitro de vídeo. Uma novidade que pode definir sua vida no torneio que é prioridade na temporada. 

Antes de a bola rolar, às 21h45 (horário de Brasília), os jogadores da equipe gaúcha já foram instruídos sobre o assunto e, segundo o executivo tricolor André Zanotta, receberam as novidades com bons olhos.

Abaixo, veja tudo que você precisa saber para entender o árbitro de vídeo na Libertadores:

  • As siglas

VAR - Video Assistant Referee: é um árbitro ainda em atividade ou ex-árbitro que é designado para ajudar o árbitro em campo a corrigir um erro claro. É o único que se comunicará com o dono do apito.

AVAR - Assistant Video Assistant Referee: também um (ou mais de um) árbitro em atividade ou ex-árbitro que auxiliará o VAR especialmente nos momentos em que esse estiver assistindo a um replay .

RO – Replay operator: pessoa com conhecimento técnico que auxilia o VAR na execução dos replays.

VOR - Video Operation Room: é a área fechada onde ficarão o VAR, AVAR e RO, observando o jogo e com acesso independente e controle à produção de imagens de vídeo. Pode estar dentro ou próxima do estádio ou em um local remoto.

RRA – Referee Review Area: local em campo onde o árbitro principal pode ver o replay da jogada caso julgue necessário, auxiliado pelo VAR

RA - Review Assistant: auxilia o árbitro na RRA. Não precisar ser, necessariamente, um árbitro ou ex-árbitro, mas deve ser neutro em relação às equipes em campo.

  • Os lances

Serão quatro tipos de lances que a tecnologia poderá auxiliar o árbitro principal: gols, pênaltis, cartões vermelhos e erros de identidade. Ao contrário do que acontece em esportes como vôlei ou tênis, não há desafio – inclusive, atletas devem receber cartão amarelo caso pressionem o juiz em função do vídeo. 

- Gols: o VAR deve ajudar o árbitro a ver se aconteceu qualquer infração que impeça a validação do gol - falta, impedimento (somente em lance de gol), bola que saiu, etc. Revisão deve acontecer assim que a bola cruzar a linha, já com o jogo interrompido, para que não haja prejuízo de tempo.

- Pênaltis: vídeo deve evitar decisões erradas relativas à marcação, ou não, de um pênalti, tanto em relação à falta em si ou do local que ocorreu, por exemplo.

- Cartões vermelhos: assistentes devem evitar que uma equipe atue com um jogador a menos por uma decisão equivocada ou seja beneficiada em uma infração não observada. Revisão não se aplica a expulsões por segundo amarelo, já que os primeiros também teriam que ser revisados.

- Erro de identidade: VAR tem prerrogativa de avisar o árbitro caso ele advirta um jogador por uma ação cometida por outro.

  • Passo a passo

1 – Acontece o lance: o árbitro informa os assistentes de vídeo ou os assistentes de vídeo recomendam ao árbitro que revise uma decisão.

2 – Revisão e recomendação do VAR: os assistentes de vídeo examinam as imagens gravadas e informam o árbitro do que estão vendo na tela mediante um sistema de áudio.

3 - Decisão do árbitro: o árbitro toma a decisão ou atua de acordo após ver o vídeo na lateral do campo na RRA ou baseando-se na informação passada pelos assistentes de vídeo.

  • Dúvidas

- Haverá jogo sem o árbitro de vídeo?
Sim, as partidas não serão suspensas ou adiadas por funcionamento incorreto da tecnologia

- Quanto tempo os árbitros têm para decidir com o vídeo?
O tempo que for necessário. O VAR informará o árbitro em campo os minutos utilizados para cada revisão de jogadas, que deverão ser correspondentemente acrescidos na partida em si.

- A quantas câmeras terão acesso os árbitros assistentes?
Poderão observar e analisar imagens de onze câmeras da geradora de televisão, entre elas a de super slow motion. A ideia é que, com os replays em câmera lenta, se veja o contato e, com a câmera normal, a intensidade da falta. 

  • Ficha técnica

BARCELONA-EQU X GRÊMIO

Local: Estádio Monumental de Guayaquil, em Guayaquil (EQU)
Data: 25 de outubro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Juan Pablo Belatti (ARG)

BARCELONA-EQU: Banguera; Velasco, Aimar, Arreaga, Pineida; Minda, Oyola, Esterilla, Vera, Diaz e Ariel. Técnico: Guillermo Almada

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Arthur, Michel, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho