Cruzeiro frustra Palmeiras e renova com Mano Menezes até 2019

Antônio Strini e Diego Garcia, do ESPN.com
Mano Menezes renovou com o Cruzeiro nesta sexta
Mano Menezes renovou com o Cruzeiro nesta sexta Divulgação


A novela que parecia se iniciar envolvendo o nome de Mano Menezes acabou mais cedo do que o esperado. E com final feliz para o Cruzeiro. O técnico acertou renovação de contrato com o clube mineiro por dois anos e já inicia o planejamento para a temporada 2018. Pior para o Palmeiras, que sonhava com o técnico.

A informação foi confirmada ao ESPN.com.br nesta sexta-feira pelo presidente Wagner Pires. 

O nome de Mano era o preferido de Alexandre Mattos para assumir o Palmeiras no ano que vem. Após a saída de Cuca, o diretor alviverde entrou em contato com o treinador para negociar sua chegada. Ele já era o preferido em oportunidades anteriores, mas seu contrato com o Cruzeiro impediu um acerto.

"A permanência de Mano era a minha prioridade do momento. É um técnico vencedor, à altura do Cruzeiro, e com ele vamos planejar o futebol do Clube para os próximos anos, com foco sobretudo no título da Libertadores no curto prazo", afirmou Itair Machado, posteriormente.

Com o interesse alviverde, o time mineiro armou uma verdadeira operação para conseguir manter Mano, com aumento salarial e promessas de reforços para vencer a Copa Libertadores do ano que vem.

A prioridade sempre foi manter o comandante do título da Copa do Brasil 2017 para dar sequência ao trabalho. O desejo era definir rapidamente a situação pensando no planejamento.

Vai renovar? Nicola revela detalhes dos bastidores da negociação entre Cruzeiro e Mano Menezes

Depois de uma primeira reunião na terça-feira, diretoria e Mano Menezes iriam se reunir em um encontro previsto para quinta, mas uma viagem do novo presidente do Cruzeiro, Wagner Pires, adiou a discussão para a manhã de hoje, quando ficou tudo acertado entre ambas as partes.

Um dos empecilhos que poderiam impedir o acerto seria a saída de parte da diretoria cruzeirense e vista como braço direito de Mano. Após a conquista da Copa do Brasil, três diretores se desligaram do clube: o diretor de futebol Klauss Câmara, o vice-presidente de futebol Bruno Vicintin e o gerente de futebol Tinga.

Com a continuação de Mano no Cruzeiro, o Palmeiras terá que procurar outros nomes no mercado para assumir a equipe em 2018. Roger Machado era o preferido para suceder Cuca no final de 2016 e, por estar desempregado, é um nome que surge para o cargo. Uma alternativa também seria a efetivação de Alberto Valentim, técnico interino que segue no comando até o fim do ano. 

Comentários

Cruzeiro frustra Palmeiras e renova com Mano Menezes até 2019

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.