'Grupo da morte' com Espanha e Suécia ou 'chave das babas' com Irã e Panamá? Veja quem pode cair contra o Brasil em sorteio da Copa

Diego Garcia, do ESPN.com.br
Tite durante o jogo contra o Chile; treinador vive expectativa por rivais no Mundial
Tite durante o jogo contra o Chile; treinador vive expectativa por rivais no Mundial Getty


Desde que as Eliminatórias Sul-Americanas chegaram ao fim, na última terça-feira, o Brasil vive a ansiedade pela espera do sorteio dos grupos para a Copa do Mundo 2018. E, com a grande maioria dos participantes já definidos, é possível fazer análises.

Como cabeça de chave, o Brasil vai estar no pote número 1 no sorteio agendado para o dia 1º de dezembro de 2017 que servirá para determinar os grupos do torneio. Dessa forma, não tem chance de encarar logo de cara a anfitriã Rússia ou outros times com boas posições no ranking da Fifa.


Em um cenário mais desanimador, após observação feita de olho em cada seleção confirmada ou que ainda pode confirmar vaga, o Brasil poderia cair em um "grupo da morte", com Espanha, Suécia e Costa do Marfim, por exemplo.

Explica-se: os quatro integrantes de cada grupo devem vir de cada um dos quatro potes, que são definidos de acordo com o ranking da Fifa. A Espanha está no dois, enquanto Suécia e Costa do Marfim - que ainda não confirmaram vaga, mas podem fazê-lo nos próximos dias - estão no três e quatro, respectivamente.

Zé Elias enumera qualidades de Arthur e defende o jogador na Seleção: 'Se entrasse ontem, o jogo ia mudar'

Outro sorteio complicado ao Brasil poderia trazer como rivais na fase de grupos Inglaterra (pote dois), Croácia (caso assegure vaga, pode ficar no pote três) e Nigéria (potes três ou quatro, dependendo de quem confirmar participação).

Para definição das chaves, existem algumas regras. Por exemplo, cada uma delas só pode ter dois europeus, e times de um mesmo continente (que não a Europa) não podem cair no mesmo grupo. 

Portanto, o que é certo é que o Brasil não vai encarar na fase de grupos países como Rússia, Alemanha, Polônia, Bélgica, Argentina, França e Portugal, que dividirão o pote um com o selecionado canarinho. Além, claro, dos demais sul-americanos confirmados, como Uruguai e Colômbia - o Peru também pode se classificar, desde que vença na repescagem.

Por outro lado, também há a possibilidade de a seleção de Tite cair diante de um chaveamento mais fácil. 

Uma chance seria enfrentar Costa Rica (caso fique no pote dois, pois pode até cair no três), Tunísia (pote três, mas ainda não garantiu participação) e Nova Zelândia (pote quatro, só que ainda tem pela frente a repescagem mundial contra o Peru).

Outro grupo que poderia ser considerado mais tranquilo teria Islândia (pote dois ou três), Irã (pote três) e Panamá (pote quatro).

Antero elogia trabalho de Tite e equipe consistente: 'Brasil vai à Copa dando pinta que pode fazer um papel bonito'


Antes de pensar em tudo isso, contudo, Tite tem outras preocupações pela frente. Afinal, a seleção possui ao menos três jogos preparatórios garantidos antes do Mundial, sendo dois deles antes do sorteio, em amistosos contra Japão, dia 10 de novembro, em Lille, na França; e Inglaterra, dia 14 de novembro, em Londres.

Já em 2018, então com os grupos definidos, o Brasil enfrenta a Alemanha, dia 27 de março de 2018, no Estádio Olímpico de Berlim.

A ideia é que a seleção se apresente no fim de maio de 2018 e fique os três primeiros dias em Teresópolis, na Granja Comary. Depois, viaja para Londres, onde ficaria por 10 dias antes de ir à Rússia. Lá, a sede do Brasil no Mudial deve ser a cidade de Sochi.

O sorteio da Copa do Mundo de 2018 será realizado dentro do Kremlin, em Moscou. 

Comentários

'Grupo da morte' com Espanha e Suécia ou 'chave das babas' com Irã e Panamá? Veja quem pode cair contra o Brasil em sorteio da Copa

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.