PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Islândia

ESPN.com.br
ISLÂNDIA

Com a vitória por 2 a 0 sobre Kosovo, a Islândia fez história e carimbou seu passaporte pela primeira vez para uma Copa do Mundo. Vindo de uma campanha espetacular na última Eurocopa, na qual eliminou a poderosa Inglaterra nas oitavas de final, a equipe do pequeno país de 330 mil habitantes manteve a ótima fase nas eliminatórias do Mundial e terminou à frente das favoritas Croácia, Ucrânia e Turquia, garantindo a vaga direta na Rússia. No ano que vem, os islandeses querem aproveitar a espetacular geração para fazer uma boa campanha em sua primeira Copa, conquistando o coração dos fãs como na Euro-2016. Mas só de ter conseguido a vaga direta ao Mundial já é motivo de muito orgulho para o time, já que a Islândia é agora o menor país a se classificar para uma Copa do Mundo!

Assista aos gols de Islândia 2 x 0 Kosovo
  • Técnico

HEIMIR HALLGRIMSSON
Está desde 2013 na seleção. Inicialmente, trabalhava em sistema de co-gestão com o experiente sueco Lars Lagerback, que deixou a equipe após a espetacular Eurocopa da França para ser o treinador principal da seleção da Noruega. Agora, Hallgrimson está fazendo seu primeiro "voo solo" como comandante da equipe nacional islandesa, mas mostrou ter competência de sobra para a função. Adorado por seus jogadores, ele comandou uma eliminatória excelente e classificou a pequena nação para sua primeira Copa do Mundo. Com apenas 50 anos, Heimir é conhecido por já ter dirigido tanto equipes masculinas quanto femininas durante sua carreira de técnico, que começou em 1993, e também por ainda trabalhar como dentista sempre que tem folga da seleção. Ele mantém seu consultório na pequena cidade de Heimaey, que tem pouco mais de 4 mil habitantes, e diz que isso lhe ajuda muito a lidar com os atletas profissionais. "Trabalhar como dentista me ajudou muito, já que você está sempre se relacionando um-para-um. Muitas pessoas têm medo de ir ao dentista, então você tem que encontrar a maneira de falar com cada cliente individualmente. Você pode ter que relaxar um, ser engraçado com o outro, ser sério com o terceiro, mas você tem que se adaptar rapidamente. É a mesma coisa no futebol", contou, em entrevista ao ESPN FC.

  • Craque

GYLFI SIGURDSSON
Meio-campista cerebral e com ótima finalização de longe, ele foi descoberto na adolescência pelo Reading, que o levou para o futebol inglês já em 2005. Ele se profissionalizou pela equipe britânica e passou por empréstimo pelos pequenos Crewe Alexandra e Shrewsbury Town antes de realmente explodir como jogador no Hoffenheim, da Alemanha, que o contratou em 2010. Seu bom desempenho pelo clube germânico chamou a atenção do Swansea, que o levou de volta à Grã-Bretanha em 2012, por empréstimo. Após se destacar no clube galês, ele foi em 2012 para o Tottenham, em sua primeiro grande clube na Premier League. Contudo, não se firmou pelos Spurs e acabou retornando ao Swansea em 2014. Novamente com a camisa dos "Cisnes", ele "comeu a bola" e tornou-se um dos grandes destaques do Campeonato Inglês, sendo contratado na última janela de transferências pelo Everton por incríveis 45 milhões de libras (R$ 188 milhões), a maior negociação da história da equipe de Liverpool. Pela seleção islandesa, ele é o principal destaque e camisa 10 desde a categoria sub-17. No ano passado, foi muito bem na Eurocopa da França, e nas atuais eliminatórias foi mais do que decisivo para comandar a classificação da equipe azul para sua primeira Copa do Mundo.

 

  • Ficha do país

  • Capital:Reykjavik

    Área: 102.775 km²

    Habitantes: 332.529 (2016)

    PIB: US$ 18 bilhões (2017)

  • Campanha nas eliminatórias
  • 1ª colocada do grupo I

  • Títulos
  • 0

  • Desempenho em Copas
1930 Não participou das eliminatórias
1934 Não participou das eliminatórias
1938 Não participou das eliminatórias
1950 Não participou das eliminatórias
1954 Inscrição não aceita pela Fifa
1958 Não se classificou
1962 Não participou das eliminatórias
1966 Não participou das eliminatórias
1970 Não participou das eliminatórias
1974 Não se classificou
1978 Não se classificou
1982 Não se classificou
1986 Não se classificou
1990 Não se classificou
1994 Não se classificou
1998 Não se classificou
2002 Não se classificou
2006 Não se classificou
2010 Não se classificou
2014 Não se classificou
Comentários

PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Islândia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.