PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Tunísia

TUNÍSIA

Com o empate por 0 a 0 com a Líbia, a Tunísia carimbou seu passaporte para a Copa do Mundo de 2018. Será o 5º Mundial das "Águias de Cartago", que voltarão a disputar o torneio da Fifa após ficarem ausentes das edições de 2010, na África do Sul, e 2014, no Brasil. Nas eliminatórias, os alvirrubros dominaram e levaram a melhor nas partidas-chave do qualificatório: os confrontos diretos contra República Democrática do Congo, que terminou em 2º lugar - a Tunísia ganhou por 2 a 1 em casa e empatou por 2 a 2 fora. Com isso, a equipe chegou à última rodada contra a lanterna Líbia podendo apenas empatar para se classificar, mas venceu e conquistou a vaga com mérito e sobras. No ano que vem, o objetivo do time é se classificar pela primeira vez para as oitavas de final, o que nunca aconteceu. 

Veja a festa da classificação da Tunísia para a Copa do Mundo de 2018
  • Técnico

NABIL MAALOUL
Ex-meio-campista, atuou pelo Hannover, da Alemanha, mas ficou mais marcado pelas duas passagens em que defendeu o Espérance Tunis, equipe da qual é ídolo devido à conquista de seis Campeonatos Tunisianos e duas Copas da Tunísia, entre outras taças. Também defendeu a seleção tunisiana em 74 oportunidades como jogador, com destaque para os Jogos Olímpicos de Seul, em 1988. Aposentou-se em 1996 e, no ano seguinte, iniciou sua carreira de técnico no Olympique du Kef. Após passagens por diversos clubes do país do norte da África, ele assumiu o Espérance Tunis como treinador em 2010 e deu início a uma "era de ouro" na equipe. Já no ano seguinte, tornou-se ainda mais ídolo do clube ao conquistar a Tríplice Coroa: Tunisiano, Copa da Tunísia e Liga dos Campeões da África. Seu sucesso o levou pela primeira vez à seleção da Tunísia, em passagem que durou apenas durante o ano de 2013. Depois, trabalhou no El Jaish, do Catar, e na seleção do Kuwait antes de ser novamente chamado para a seleção tunisiana, em abril de 2017. Sua missão era classificar as "Águias de Cartago" para a Copa do Mundo, e ele teve sucesso, conseguindo a vaga na rodada final das eliminatórias.

  • Craque

WAHBI KHAZRI
Filho de pais tunisianos, o camisa 10 da seleção nasceu em Ajaccio, na França, e começou sua carreira no Bastia, um dos principais times da Córsega. Jogou por cinco anos na equipe, sendo inclusive convocado para a seleção francesa sub-20 no período, até ser comprado pelo Bordeaux, em 2014. Jogou bem pela equipe e rapidamente chamou a atenção do Sunderland, que o levou para a Premier League em 2016, por 11,8 milhões de euros (R$ 43,67 milhões, na cotação atual). No entanto, acabou não se firmando na Inglaterra, e atualmente joga por empréstimo no Rennes, da França. Na seleção tunisiana, que optou por defender ao invés de esperar uma convocação pela França, Khazri é o "dono da bola", sendo o principal armador de jogadas e também um dos goleadores do time - ele é o maior artilheiro do elenco atual, à frente até mesmo dos atacantes. Aos 26 anos, ele chegará ao Mundial da Rússia no auge físico e técnico, como um dos nomes para ficar de olho.

 

  • Ficha do país

  • Capital: Tunes

    Área: 163.610 km²

    Habitantes: 10.982.754 (2014)

    PIB: US$ 136,797 bilhões (2017)

  • Campanha nas eliminatórias
  • 1ª colocada do grupo A

  • Títulos
  • 0

  • Desempenho em Copas
1930 Não participou das eliminatórias
1934 Não participou das eliminatórias
1938 Não participou das eliminatórias
1950 Não participou das eliminatórias
1954 Não participou das eliminatórias
1958 Não participou das eliminatórias
1962 Não se classificou
1966 Desistiu das eliminatórias
1970Não se classificou
1974 Não se classificou
1978 Eliminada na fase de grupos (9º lugar)
1982 Não se classificou
1986 Não se classificou
1990 Não se classificou
1994 Não se classificou
1998 Eliminada na fase de grupos (26º lugar)
2002 Eliminada na fase de grupos (29º lugar)
2006 Eliminada na fase de grupos (24º lugar)
2010 Não se classificou
2014 Não se classificou
Comentários

PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Tunísia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.