PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Polônia

ESPN.com.br
POLÔNIA

Com a vitória por 4 a 2 sobre Montenegro, pela última rodada, a Polônia carimbou seu passaporte para mais uma Copa do Mundo. A equipe, vai disputar seu 8º Mundial, e está de volta ao torneio da Fifa após ficar ausente em 2010 e 2014. Nas eliminatórias, a seleção contou com o trabalho sólido do técnico Adam Nawalka e com os muitos gols do artilheiro Robert Lewandowski para se classificar em um grupo que teve muito equilíbrio na parte de cima, mas que viu os poloneses terminarem no 1º posto na reta final. Para o ano que vem, o objetivo é limpar os vexames recentes, como as não-classificações nas duas últimas Copas e as eliminações ainda na primeira fase dos Mundiais de 2002 e 2006. A última participação digna da Polônia foi em 1986, quando chegou à oitavas de final. 

Veja os gols da vitória da Polônia sobre Montenegro por 4 a 2
  • Técnico

ADAM NAWALKA
O experiente treinador foi um talentoso meio-campista quando jovem, tornando-se um dos grandes ídolos da história do Wisla Krakow e da seleção polonesa. Ele se aposentou em 1988 e, em 1996, iniciou sua carreira de treinador. Passou por vários times, com destaque para as três vezes em que comandou o próprio Wisla. Entre 2010 e 2013, Nawalka foi o treinador do tradicional Górnik Zabrze, fazendo grande trabalho. Em 2013, ele estava liderando o Campeonato Polonês quando foi comandado pelo presidente da Federação Polonesa, o ex-atacante Zbigniew Boniek, para assumir a seleção do país, e aceitou. De imediato, ele não conseguiu salvar o desastre que o ex-treinador Waldemar Fornalik vinha causando, e a Polônia ficou de fora da Copa do Mundo de 2014. No entanto, depois disso, colocou a mão na massa, transformou a nação em um dos destaques da Eurocopa de 2016 e classificou os poloneses para o Mundial da Rússia com uma ótima campanha.

  • Craque

ROBERT LEWANDOWSKI
Muitos jogadores de destaque no futebol europeu são frequentemente criticados por não conseguirem repetir em sua seleções o mesmo desempenho que apresentam nos clubes. Robert Lewandowski, porém, nunca passou por isso. Artilheiro implacável com as camisas de Znicz Pruszków, Lech Poznan, Borussia Dortmund e Bayern de Munique, ele possui 51 gols com a seleção polonesa e ultrapassou o lendário Wlodzimierz Lubanski, que era o maior artilheiro da história da equipe. Nas eliminatórias para a Copa-2018, ele arrebentou, anotando 16 gols e sendo por enquanto o artilheiro do qualificatório, à frente de Cristiano Ronaldo. Além disso, é o capitão do time e principal esperança dos poloneses se quiserem repetir os anos 70 e 80, quando o país era uma grande ameaça no futebol mundial, terminando em 3º lugar nas Copas de 1974 e 1982. Aos 30 anos, ele não chegará na Rússia exatamente no auge físico e técnico, mas ainda assim Lewandowski é um atacante que mete medo em qualquer defesa e será uma das estrelas do Mundial.

 

  • Ficha do país

  • Capital: Varsóvia

    Área: 312.679 km²

    Habitantes: 38.634.007 (2017)

    PIB: US$ 1,114 trilhões (2017)

  • Campanha nas eliminatórias
  • 1ª colocada do grupo E

  • Títulos
  • 0

  • Desempenho em Copas
1930 Não participou das eliminatórias
1934 Não participou das eliminatórias
1938 Eliminada na 1ª fase (11º lugar)
1950 Não participou das eliminatórias
1954 Não participou das eliminatórias
1958 Não se classificou
1962 Não se classificou
1966 Não se classificou
1970 Não se classificou
1974 3º lugar
1978 Eliminada na 2ª fase (5º lugar)
1982 3º lugar
1986 Eliminada nas 8ªs de final (14º lugar)
1990 Não se classificou
1994 Não se classificou
1998 Não se classificou
2002 Eliminada na fase de grupos (25º lugar)
2006 Eliminada na fase de grupos (21º lugar)
2010 Não se classificou
2014 Não se classificou
Comentários

PASSAPORTE CARIMBADO - Rússia-2018: Polônia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.